Santos 1 x 1 São Caetano

Data: 25/01/2004
Competição: Campeonato Paulista – Primeira Fase – Grupo B – 2ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Renda e Público: N/D.
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP).
Cartões amarelos: Claiton (S), Marcelo Mattos, Fábio Santos (SC).
Gols: Fábio Santos (34-1) e Basílio (35-1).

SANTOS
Júlio Sérgio; Marco Aurélio, Pereira, André Luís, Léo; Daniel, Claiton, Preto Casagrande (Jerri), Renato; Basílio e Róbson (Luizinho).
Técnico: Emerson Leão.

SÃO CAETANO
Silvio Luiz; Gustavo, Serginho, Thiago; Fábio Santos, Triguinho, Mineiro, Marcelo Mattos (Anderson Lima), Zé Carlos (Gilberto); Marcinho e Somália (Anaílson).
Técnico: Tite.



Santos e São Caetano, em ritmo lento, empatam na Vila Belmiro

Um empate justo. Assim foi o 1 a 1 entre Santos e São Caetano neste domingo, na Vila Belmiro, em Santos. As equipes ainda sentiram a falta de ritmo do começo da temporada e não apresentaram um futebol convincente.

O São Caetano entrou em campo sem o atacante Adhemar, que está acertando a transferência para o futebol coreano. A equipe do ABC não teve tempo para assimilar o desfalque.

Os times, no toque de bola, sem muita velocidade, se alternaram no ataque. O equilíbrio foi tão grande que os times marcaram os gols com um minuto de diferença. O São Caetano fez 1 a 0 aos 34min, com Fábio Santos. Foi um bonito gol. Ele recebeu na intermediária adversária, driblou Renato e chutou para o gol.

Mas o Santos reagiu imediatamente, com Basílio, que empatou o jogo, aos 35min, após cruzamento da área. A defesa da equipe santista deu chances para o atacante do Santos, que apesar da baixa estatura, completou de cabeça a jogada.

No segundo tempo, o jogo teve um ritmo ainda inferior, como se as equipes estivessem em fim de temporada. A impressão é de que os treinadores Emerson Leão, da equipe santista, e Tite, do São Caetano, optaram mesmo por um esquema cauteloso.

Mas a verdade é que o Santos sentiu muito a falta de Diego, Robinho, Paulo Almeida, Alex e Elano, todos na seleção Pré-Olímpica. Aos 13min, a equipe da Vila Belmiro levou um susto: Anderson Lima, que havia entrado no lugar de Marcelo Mattos, cobrou uma falta para grande defesa do goleiro Júlio Sérgio.

Aos 34min, a defesa do São Caetano falhou e quase Basílio marcou. O atacante do Santos chegou um pouco tarde no lance.

Nos últimos minutos da partida, os dois times pareciam que estavam mesmo satisfeitos com o empate. Assim, o resultado foi merecido para Santos e São Caetano.



Créditos:
Ficha Técnica: Fernando Ribeiro