Santos 3 x 1 Marília

Data: 21/02/2004
Competição: Campeonato Paulista – Primeira Fase – Grupo B – 7ª rodada
Local: Estádio do Parque Antártica, em São Paulo, SP.
Renda e Público: N/D.
Árbitra: Silvia Regina Oliveira (SP).
Cartões amarelos: Adilson, Márcio Griggio, Jaiminho, Romildo (M).
Gols: Robinho (12-1), Éder (20-1), Robinho (14-2), Renato (43-2).

SANTOS
Doni; Paulo César, Pereira, André Luís, Léo; Claiton, Renato, Diego; Basílio (Elano), Robinho (Luís Augusto), Róbson (Lopes).
Técnico: Emerson Leão.

MARÍLIA
Marcelo Cruz; Ednélton, Romildo, Vladimir; Jaiminho (Juninho), Da Silva, Adilson, Márcio Griggio (Cleison), Éder; Sorato (Lobão) e Andradina.
Técnico: Flávio Lopes.



Com dois gols de Robinho, Santos vence o Marília no Parque Antarctica

Com um bom público no estádio do Parque Antarctica, neste sábado, o Santos venceu o Marília por 3 a 1 e se manteve na liderança do Grupo 2 do Campeonato Paulista. O destaque do jogo foi o atacante Robinho, que marcou dois gols para a equipe da Baixada Santista.

Mesmo contra a vontade dos jogadores, a diretoria do Santos, que tinha o mando da partida, resolveu levar o jogo para o estádio do Palmeiras, na capital paulista. Segundo os dirigentes do clube, a transferência foi uma forma de “presentear” os seus torcedores paulistanos.

Com este resultado, a equipe comandada pelo técnico Emerson Leão segue na ponta do Grupo 2, com 17 pontos, contra 16 do Paulista, que venceu o União São João por 2 a 0. O Marília segue com dez, na quinta colocação.

O Santos abriu o marcador aos 14min do primeiro tempo. O atacante Robinho recebeu um lançamento de Diego e chutou no canto esquerdo. Mas, seis minutos depois, o Marília chegou ao empate. O meia Éder recebeu a bola, na entrada da área, e chutou no canto direito do gol de Doni.

A equipe da Baixada Santista voltou a ficar na frente no placar aos 13min da segunda etapa. Robinho foi lançado, livrou-se do defensor adversário, com uma bola entre as pernas do atleta do Marília, e chutou na saída do goleiro Marcelo Cruz.

O Santos ampliou a vantagem aos 43min. Após uma cobrança de escanteio, pela esquerda, o meia Renato subiu mais que a defesa do Marília e cabeceou para o fundo das redes, selando a vitória.