Santos 0 x 1 São Paulo

Data: 24/11/1990, sábado, 21h30.
Competição: Campeonato Brasileiro – Quartas-de-final – Jogo de ida
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 19.389 pagantes
Renda: Cr$ 11.458.000,00
Árbitro: Joaquim Gregório dos Santos Filho (CE)
Cartões amarelos: Pedro Paulo (S) e Raí (SP).
Cartão vermelho: Cafu (13-2, SP)
Gol: Mário Tilico (41-1)

SANTOS
Sérgio; Sérgio Santos (Zé Humberto), Pedro Paulo, Camilo e Flavinho; César Sampaio, Axel e Sérgio Manoel; Almir, Serginho Chulapa e Ney Bala (Mendonça).
Técnico: Pepe

SÃO PAULO
Zetti; Cafu, Antônio Carlos, Ivan e Leonardo; Vizolli (Ronaldão), Bernardo e Raí (Vítor); Mário Tilico, Eliel e Elivélton.
Técnico: Telê Santana



São Paulo tem medo do juiz e da mística da Vila hoje contra o Santos

O São Paulo teme o árbitro e o estádio da Vila Belmiro no primeiro jogo contra o Santos pelas Quartas-de-final do Campeonato Brasileiro. A diretoria são paulina preferia um juiz paulista ao invés do cearense Joaquim Santos Filho. Alegam que ele pode se deixar envolver pela pressão da torcida.

O técnico Telê Santana afirmou que é uma incoerência fazer um jogo decisivo num campo pequeno, ruim e sem conforto, numa época em que os clubes estão em crise financeira e à caça de torcedores.

O Santos não levou em consideração a choradeira do São Paulo, que queria os dois jogos na capital. O time está há 26 jogos invicto em seu estádio, desde de dezembro do ano passado. “Está de volta a mística do alçapão da Vila”, acredita o técnico Pepe.



Santos fica mais longe do sonho do título

E na preliminar, Edinho, filho do Rei Pelé, fez sua estréia nos aspirantes. O Santos perdeu para o São Paulo por 2 a 1 e Edinho sofreu um gol devido ao “morrinho artilheiro” ao se agachar para defender uma bola. Veja no vídeo abaixo.