Cruzeiro 1 x 4 Santos

Data: 13/10/2002, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – 17ª rodada
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, MG.
Público: 13.312
Renda: R$ 65.877,00
Árbitro: Luciano Augusto Almeida (DF)
Cartões amarelos: Rui (C); Paulo Almeida e André Luís (S).
Gols: Elano (04-1) e André Luís (18-1); Elano (08-2), Robinho (17-2) e Joãozinho (42-2).

CRUZEIRO
Jefferson; Maicon (Rui), Cris, Luisão e Rondinelli; Quintana (Joãozinho), Paulo Miranda, Wendell e Alex; Marcelo Ramos (Alessandro) e Fábio Júnior.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

SANTOS
Júlio Sérgio; Maurinho, André Luís, Alex e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano (Robert) e Diego (Douglas); Robinho (Wellington) e Alberto.
Técnico: Emerson Leão.


Santos goleia o Cruzeiro em pleno Mineirão e vira vice-líder

O Santos foi a Belo Horizonte e venceu o Cruzeiro por 4 a 1, em pleno estádio do Mineirão, atingindo a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

Com a terceira vitória consecutiva, o time da Vila Belmiro completa oito rodadas invicto e soma 32 pontos em 17 jogos _mesma performance do São Caetano, só que com uma vitória a menos do que o time do ABC e, portanto, atrás pelo critério de desempate.

Os quatro gols marcados fazem da equipe o segundo ataque mais positivo da competição, com 33 gols _dois a menos do que o São Paulo. O time do técnico Emerson Leão tem também o melhor saldo de gols (12).

O meia Elano marcou dois gols na goleada santista e igualou o centroavante Alberto na artilharia do time (com sete gols). O zagueiro André Luís fez outro e o jovem atacante Robinho completou o placar.

Logo aos 4min de jogo, Elano abriu o placar em cobrança de falta da entrada da área no canto direito. Quinze minutos depois, após cruzamento de Robinho na pequena área, André Luís cabeceou bem e marcou o segundo.

No segundo tempo, Elano ampliou de cabeça, sozinho no meio da área cruzeirense, após cruzamento de Maurinho da direita aos 8min. Robinho marcou o quarto chutando na saída do goleiro e fechou a goleada aos 17 minutos.

A três minutos do final do jogo, Joãozinho fez o gol de honra do time mineiro acertando um belo chute de direita de fora da área.

Fontes:
– Jornal Folha de SP – http://acervo.folha.com.br/fsp/2002/10/14/20//66685
– Revista Lance.