Bahia 1 x 2 Santos

Data: 21/08/2011, domingo, 18h00.
Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador, BA.
Público: 32.157 pagantes
Renda: R$ 782.407,50
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Nadine Scharam Camara Bastos (SC).
Cartões amarelos: Léo e Adriano (S); Marcone, Fahel e Carlos Alberto (B).
Gols: Neymar (04-1), Junior (29-1) e Alan Kardec (36-2).

BAHIA
Marcelo Lomba, Marcos (Gabirel), Titi, Paulo Miranda e Ávine; Fahel, Marcone, Diones e Carlos Alberto; Jones (Ricardinho) e Júnior (Reinaldo).
Técnico: René Simões.

SANTOS
Rafael (Vladmir), Arouca, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Henrique, Elano (Bruno Aguiar) e Ganso; Neymar e Borges (Alan Kardec).
Técnico: Muricy Ramalho.



Com gol salvador de Alan Kardec, Santos bate Bahia e deixa degola

Equipe santista sofre pressão, mas conquista primeira vitória fora de casa e sobe na tabela

O Santos sofreu uma forte pressão do Bahia no duelo deste domingo, no estádio Pituaçu, em Salvador, mas venceu o adversário por 2 a 1. Alan Kardec marcou o gol da vitória santista no final da partida e garantiu os três pontos que tiraram o time da Vila Belmiro da zona de rebaixamento.

Além de deixar a zona de risco, o Santos conseguiu vencer o jogo como visitante no Campeonato Brasileiro. Antes de vencer o Bahia, a equipe santista havia conquistado apenas um ponto. Agora, são seis derrotas, uma vitória e um empate, jogando fora de casa.

Siga o Twitter do iG Santos e receba notícias do time em tempo real

O Santos não contou com o goleiro Rafael no segundo tempo. Após fazer diversas defesas na primeira etapa e salvar o time de uma goleada, o camisa 1 sofreu um corte na testa em dividida com o meia Carlos Alberto e foi substituído por Vladmir no intervalo do jogo.

O jogo

A partida começou com o Bahia apostando na velocidade para surpreender o Santos. Logo aos dois minutos, Carlos Alberto puxou contra-ataque e lançou Ávine na esquerda, que finalizou forte da entrada da área, mas não acertou o gol. No entanto, um minuto depois, Borges deu encontrou Ganso livre dentro da área, o meia foi derrubado e o árbitro marcou pênalti.

Na cobrança, Neymar espantou o “fantasma” dos pênaltis desperdiçados da equipe santista, chutou forte e rasteiro no canto esquerdo do goleiro Marcelo Lomba para abrir o marcador. Apesar de sofrer o gol, o Bahia continuava perigoso. Júnior recebeu a bola sem marcação dentro da área, chutou forte e Rafael fez uma grande defesa.

No entanto, o Santos apostava nos contra-ataques. Aos seis minutos, Neymar entra livre dentro da área, driblou o goleiro e chutou em cima do zagueiro, no rebote Borges chutou para fora. A partida continuava movimentada. Aos 13 minutos, Júnior aproveitou cruzamento da esquerda e desviou de cabeça para o gol, mas a bola bateu na trave. Jones também arriscou de fora da área cinco minutos depois e assustou Rafael.

Aos 24 minutos, o Bahia teve um gol anulado pelo árbitro. Após cobrança de escanteio, Fahel cabeceia no chão e Rafael fez grande defesa, no rebote Júnior fez o gol em posição irregular. Os baianos continuavam pressionando o Santos. Jones invade a área e chuta cruzado para grande defesa de Rafael.

De tanto insistir, o Bahia empatou o jogo. Aos 29 minutos, Marcos fez boa jogada pela direita e chutou cruzado para defesa de Rafael, no rebote Júnior chutou da pequena área para empatar a partida. Na segunda etapa, o Santos voltou sem o goleiro Rafael, que sofreu um corte na testa e foi substituído por Vladmir.

Depois de sofrer muita pressão no primeiro tempo, o Santos quase desempatou o jogo no inicio da segunda etapa. Após a defesa do Bahia sair jogando errado, a bola sobrou para Ganso, que arriscou um chute da intermediária e a bola acertou o travessão. Porém, o Bahia continuam dominando as ações da partida.

Aos 17 minutos, Jones recebeu passe de Ávine dentro da área, ajeitou a bola para o pé direito e chutou cruzado, a bola passou perto do gol de Vladmir. Os baianos continuam buscando o segundo gol. Aos 28 minutos, Gabriel ficou a frente de Vladmir, mas chutou em cima do goleiro. Quatro minutos depois, Reinaldo recebeu lançamento de Ricardinho, invadiu a área e chutou forte, mas a bola subiu demais.

Apesar da pressão do Bahia, Alan Kardec pegou sobra dentro da área e chutou de primeira para fazer o segundo gol do Santos na partida. O resultado tirou o Santos da zona de rebaixamento.