Santos 1 x 1 Juventude

Data: 24/09/2003, quarta-feira, 21h40.
Competição: Campeonato Brasileiro – 32ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 3.557 pagantes
Renda: R$ 40.445,00
Arbitro: Clever Assunção Gonçalves (MG)
Auxiliares: Marco Antônio Martins (MG) e Marco Antônio Gomes (MG)
Cartões amarelos: Preto e Elano (S); Renatinho, Raone e Camazzola (J).
Gols: Índio (10-1) e William (30-2).

SANTOS
Fábio Costa; Reginaldo Araújo (Marcelo), Preto, Alex e Léo; Daniel (Alexandre), Renato, Elano e Jerri (Wellington); Robinho e William
Técnico: Emerson Leão

JUVENTUDE
Márcio; Donizete Amorim, Índio, Neto e Raone; Evandro, Léo Ignácio, Marcelo e Hugo; Geufer (Felipe) e Renatinho (Camazzola)
Técnico: José Luiz Plein



Santos só empata na Vila e perde terreno na luta pelo bicampeonato

O Santos não fez uma apresentação de gala nesta quarta-feira e sofreu para conseguir o empate por 1 a 1 diante do Juventude, na Vila Belmiro, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o empate, o time santista, que vinha de uma derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro, chega aos 59 pontos e permanece na segunda colocação, já que a equipe mineira passou pelo Corinthians e agora soma 64.

Mesmo com a igualdade no placar, o Santos mantém um bom retrospecto em partidas disputadas na Vila Belmiro. No Brasileiro deste ano, foram 16 jogos em casa, com 11 vitórias, quatro empates e duas derrotas.

Já o Juventude permanece em situação difícil na tabela de classificação. A equipe gaúcha, que na última rodada goleou o Atlético-PR por 4 a 0, contabiliza 33 pontos ganhos, apenas dois à frente do 23º colocado, o Fluminense, que nesta quinta enfrenta o Figueirense.

Na próxima rodada, a 33ª do Brasileiro, o Santos terá pela frente o Internacional, sábado, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O Juventude buscará um resultado positivo contra o Corinthians, domingo, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O jogo

O Santos deu pinta de que iria massacrar o time gaúcho. Logo no primeiro minuto, Alex soltou a bomba em cobrança de falta da intermediária. O goleiro Márcio rebateu, mas Robinho não conseguiu alcançar.

No entanto, o time santista não conseguia fazer a bola chegar ao ataque e levou o primeiro aos 10min. Depois de escanteio cobrado da esquerda por Renatinho, Índio ganhou no alto de Preto e desviou de cabeça no canto esquerdo de Fábio Costa.

Aos 20min, Elano cruzou da direita e a bola desviou na zaga. William aproveitou o rebote e, mesmo sem ângulo, bateu forte, com perigo, para fora. O Juventude deu o troco aos 30min: em jogada semelhante à do gol, Renatinho bateu escanteio e Geufer cabeceou rente à trave esquerda.

Mesmo sem empolgar e sendo vaiado pela torcida, o Santos desperdiçou grande chance para empatar aos 43min. Elano lançou Robinho, que invadiu a área, se livrou de dois marcadores apenas na ginga de corpo e tocou para William. O atacante, livre na marca do pênalti, bateu de pé esquerdo na saída de Márcio e mandou por cima do gol.

No intervalo, o técnico Emerson Leão tirou Daniel e Jerri e colocou em campo Alexandre e Wellington. O time cresceu de produção e, logo aos 5min, Elano cobrou falta da direita e Renato cabeceou com perigo, rente à trave esquerda de Márcio.

Dois minutos depois, Wellington partiu para o ataque pelo meio e lançou para William, que tocou na saída de Márcio. O goleiro conseguiu a defesa parcial e, no rebote, Robinho tentou bater, mas o arqueiro fez nova intervenção e salvou o Juventude.

Aos 15min, Renato fez boa jogada individual pela direita e cruzou com efeito, mas Léo, dentro da pequena área, mandou por cima. Elano, aos 18min, cobrou falta da meia-direita e acertou o travessão.

O Santos seguiu pressionando, mas o gol só saiu aos 30min. Elano recebeu na esquerda e cruzou no segundo pau. William entrou sozinho e, de cabeça, desviou na saída de Márcio, empatando a partida.

Depois do gol, a equipe santista seguiu pressionando o Juventude, que por todo o segundo tempo apenas se defendeu. Mesmo mantendo a posse de bola, o Santos não conseguiu finalizar com perigo e marcar o gol que daria a vitória na Vila Belmiro.