Santos 3 x 0 América-MG

Data: 16/08/2000, quarta-feira, 20h30.
Competição: Copa João Havelange (Campeonato Brasileiro) – Módulo Azul – 1ª fase – 5ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 2.762 pagantes
Renda: R$ 27.685,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Cartões amarelos: Rubens Cardoso (S); Wellington Paulo, Augusto e Celso (A).
Gols: Edmundo (06-2), Robert (26-2) e Robert (33-2).

SANTOS
Pitarelli; Michel, André Luis (Preto), Claudiomiro e Rubens Cardoso; Rincón, Ânderson Luis (Sangaletti), Renato (Caio) e Robert; Edmundo e Dodô.
Técnico: Giba

AMÉRICA-MG
Milagres; Pintado, Wellington Paulo, André e Augusto; Edgar, Carlos Alberto (Ruy), Arílson (Fabrício) e Claudinei; Wellington Amorim e Celso (Rinaldo).
Técnico: Jair Pereira



Edmundo marca na Vila, e Santos derrota o América-MG por 3 a 0

O Santos venceu ontem o América-MG por 3 a 0, na Vila Belmiro, pela Copa João Havelange, e saiu de campo aplaudido por cerca de 3.000 torcedores. Edmundo fez um dos gols da equipe santista.

O meia Robert, que também marcou, foi mais uma vez o destaque do time, assim como já havia sido na vitória diante do Grêmio, sábado passado, em Porto Alegre.

Antes da partida, os santistas temiam que uma derrota pudesse revoltar os torcedores. Neste ano, a Vila chegou a ser interditada após uma invasão de campo.

O lateral-esquerdo Rubens Cardoso, principal alvo das vaias dos torcedores no início do jogo, arriscou algumas jogadas individuais e foi um dos mais aplaudidos pelos torcedores. O jogo de ontem marcou o reencontro do lateral com a torcida em Santos, após o empate com o São Paulo, na semana passada. Na ocasião, ele falhou no lance que originou o gol são-paulino.

No primeiro tempo, o goleiro Milagres, do América, foi exigido em apenas duas oportunidades. Aos 6min, o meia Robert passou por três jogadores e rolou a bola para Michel. O lateral-direito chutou forte, cruzado, e o goleiro do América jogou para escanteio.

Em outro lance de perigo, aos 22min, o atacante Edmundo foi derrubado perto da grande área. Ele mesmo cobrou a falta, por cima da barreira mineira, e obrigou Milagres a fazer grande defesa.

No início da segunda etapa, o Santos passou a pressionar mais a defesa do América.

O capitão Rincón, aos 3min, chutou sobre o gol.

Aos 6min, saiu o gol do Santos. Robert lançou para Renatinho, que recebeu pelo lado direito do ataque. O meia levantou a bola para Edmundo, que, livre de marcação, teve tempo para dominar e chutar forte no canto direito de Milagres. Esse foi o primeiro gol do atacante na Vila Belmiro.

Após o gol, a equipe da casa recuou e permitiu a reação do América, que passou a dominar a partida, mas sem levar perigo ao gol de Pitarelli.

Aos 26min, o Santos ampliou o placar. O atacante Caio, que entrou no segundo tempo no lugar de Renatinho, fez grande jogada e lançou para Robert, que invadiu a grande área livre de marcação e chutou forte na saída de Milagres.

Aos 33min, aconteceu o gol mais bonito da partida. De fora da área, no lado esquerdo do ataque santista, o meia Robert chutou por cima do goleiro Milagres, que nada pôde fazer. Após o jogo, porém, o meia reconheceu que fez o gol sem querer. “Eu tentei cruzar, mas a bola acabou entrando.”

Nos minutos finais da partida, o América passou a dar trabalho para a defesa santista.

Aos 43min, o zagueiro Wellington Paulo cabeceou a bola no canto direito da meta santista, obrigando o goleiro Pitarelli a fazer uma defesa difícil.

Com o resultado de ontem, a equipe santista alcançou o décimo ponto no torneio, em cinco jogos disputados.

Sábado, o Santos vai a Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG. O América, que promoveu ontem a estréia do técnico Jair Pereira, continua sem vencer na Copa JH. A equipe mineira perdeu os três jogos que disputou até agora.

Santos encerra período de contratações

A diretoria do clube santista anunciou ontem que não pretende modificar mais o elenco atual do time.

Segundo a assessoria do clube, a satisfação da comissão técnica com a equipe foi confirmada com a presença do atacante Caio no banco de reservas na partida de sábado passado, contra o Grêmio.

Entretanto, como não entrou em campo, o atacante ainda pode ser negociado com algum clube que disputa a Copa João Havelange.

Até o momento, o time que havia demonstrado maior interesse pela contratação do jogador era a Lusa, em uma possível troca com o zagueiro Emerson, que renovou com o clube paulistano nos últimos dias.