Fluminense 4 x 3 Santos

Data: 25/09/2005
Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, RJ.
Público: 14.912
Renda: R$ 112.500,00
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça (PE)
Cartões amarelos: Saulo e Kléber (S).
Gols: Luiz Alberto (07-1), Ávalos (20-1), Arouca (25-1); Petkovic (24-2), Basílio (36-2), Leandro (40-2) e Gabriel (50-2).

FLUMINENSE
Kléber; Gabriel, Igor, Gabriel Santos e Juan; Arouca, Marcos Aurélio (Radamés), Petkovic e Beto; Leandro e Tuta.
Técnico: Abel Braga

SANTOS
Saulo; Paulo César (Elton), Ávalos (Rogério), Luiz Alberto e Kléber; Fabinho, Wendell, Ricardo Bóvio e Ricardinho; Geílson (Basílio) e Frontini.
Técnico: Alexandre Gallo



Santos sofre gol nos acréscimos e perde para o Fluminense pelo Nacional

Após fazer 2 a 0 no início do jogo, o Santos não suportou a pressão do Fluminense e foi derrotado por 4 a 3, neste domingo, em Volta Redonda (RJ), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória da equipe carioca saiu aos 50min do segundo tempo.

Com o resultado, o Santos permanece com 47 pontos. Já o Fluminense sobe para 50 pontos, um a menos que o líder Internacional.

A equipe paulista fez 2 a 0 com menos de 20min do primeiro tempo. Os gols saíram de jogadas aéreas e, coincidentemente, foram marcados por zagueiros. Primeiro, Luis Alberto aproveitou cobrança de escanteio de Paulo César, aos 7min. O segundo saiu aos 19min, quando Ávalos subiu mais alto que a defesa do Fluminense, também após um escanteio.

Mesmo mal em campo, a equipe carioca diminuiu o marcador, com Arouca, que arriscou chute de fora da área aos 25min da etapa inicial.

Aos poucos o Fluminense começou a melhorar. O meia Petkovic teve liberdade para armar as principais jogadas para os atacantes Tuta, Beto e Leandro. Na principal oportunidade, aos 42min, Leandro, livre dentro da área, chutou para fora.

A pressão do Fluminense se manteve no segundo tempo. O problema esteve na finalização, principalmente do atacante Beto, que desperdiçou duas oportunidades claras de gol. A equipe do técnico Abel Braga foi premiada pela insistência, aos 24min, com o meia Petkovic, que aproveitou rebote da defesa santista e chutou para marcar.

O Santos, por outro lado, esteve apático em toda a etapa final. Chegou ao ataque apenas uma vez, justamente no lance do gol. Aos 36min, o atacante Basílio aproveitou rebote do goleiro Kléber para colocar novamente a equipe paulista na frente no marcador.

Quatro minutos mais tarde, o Fluminense empatou de novo, agora com o atacante Leandro, que encobriu o goleiro santista. Quando a partida caminhava para o final, o lateral Gabriel recebeu de Tuta, aos 50min, e tocou na saída de Saulo para fazer o gol da vitória do Fluminense.