Palmeiras 7 x 1 Santos

Data: 31/03/1965
Competição: Torneio Rio SP
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Renda: Cr$ 8.136.700,00
Árbitro: Anacleto Pietrobon (SP)
Gols: Servílio (08-1), Servílio (10-1), Tupãzinho (28-1) e Ademar Pantera (44-1); Rinaldo (04-2, de pênalti), Noriva (11-2), Ademar Pantera (15-2) e Ademar Pantera (40-2).

PALMEIRAS
Valdir Joaquim de Moraes (Sílvio), Djalma Santos, Djalma Dias, Valdemra Carabina, Geraldo Scotto, Dudu (Júlio Amaral), Ademir da Guia, Gildo, Servílio (Ademar Pantera), Tupãzinho (Mazinho), Rinaldo.
Técnico: Filpo Núñez

SANTOS
Silas, Quito (Pardal), Modesto, Joel Camargo, Cido, Eliseu, Gonçalo, Peixinho, Rossi, Gilberto (Íris), Noriva.
Técnico: Lula



Observação: O time titular do Santos estava nesta mesma noite na Argentina, no Monumental de Nuñez, disputando a negra (partida de desempate) com o Peñarol pela semifinais da Taça Libertadores.

O Palmeiras não teve misericórdia dos reservas do alvinegro e massacrou por 7 a 1.