Vídeos: (1) Gols, (2) Reportagem do Globo Esporte e (3) do Jornal Nacional.

Santos 10 x 0 Naviraiense

Data: 10/03/2010, quarta-feira, 21h50.
Competição: Copa do Brasil – Primeira Fase – Jogo de volta
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 11.336 pagantes
Renda: R$ 158.001,00
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Auxiliares: Marco Aurélio Pessanha e Lilian da Silva Fernandes (ambos do RJ).
Cartões amarelos: Arouca, Edu Dracena e Durval (S); Jacó Pitbull, Jean Michel e Tom (N).
Cartão vermelho: Jacó Pitbull (35-1) e Jean Michel (34-2)(N).
Gols: Ganso (06-1), André (27-1), Neymar (29-1), Robinho (32-1), André (37-1) e Marquinhos (45-1); Neymar (09-2), André (14-2), Madson (20-2) e Madson (32-2).

SANTOS
Felipe; Maranhão, Edu Dracena (Giovanni), Durval e Pará; Arouca, Marquinhos, Paulo Henrique Ganso; Neymar, Robinho (Madson) e André (Zé Eduardo)
Técnico: Dorival Júnior

NAVIRAIENSE
Aldo; Giordan, Jaime, Célio Lima e Adriano Lajes; Jean Carlos, Jacó Pitbull, Maílson e Marcelo Castelli (Jean Michel); Cristiano e Tom (Clécio).
Técnico: Paulo de Rezende



Santos dá show, faz 10 a 0 no Naviraiense na Vila e avança de fase na Copa do Brasil

Uma equipe com vocação ofensiva, jogando dentro de casa, diante de um adversário modesto. A combinação não poderia dar em outro resultado. Em noite inspirada, o Santos venceu o Naviraiense por incríveis 10 a 0, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, e classificou-se para a segunda fase da Copa do Brasil. No primeiro jogo, o alvinegro venceu por apenas 1 a 0, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Essa foi a segunda maior goleada da história da competição – O São Paulo também marcou 10 a 0, contra o Botafogo –PB, em 2001. O líder no quesito é o Atlético-MG, que venceu o Caiçara-PI por 11 a 0, em 91.

André, três vezes, Neymar, duas, Madson, duas, além de Robinho, Paulo Henrique Ganso e Marquinhos, uma vez cada, marcaram os gols santistas.

Na próxima fase, o Santos encara o Remo-PA, que passou pelo São Mateus –ES após vencer os dois jogos (2 a 1 e 4 a 1). O primeiro jogo do confronto será realizado na próxima quarta-feira, em Belém.

O sonho do Naviraiense em seguir na Copa do Brasil se tornou pesadelo rapidamente. Logo aos seis minutos, Robinho deu o ar da graça, pedalou, driblou o adversário e encontrou Ganso livre na área para marcar o primeiro gol santista.

Os 20 minutos seguintes deram a impressão de que a equipe visitante poderia aprontar. Além de evitar novos gols santistas, o atacante Tom chutou uma bola na trave. Porém, o lance acordou o alvinegro que marcou mais cinco gols em pouco menos de 20 minutos na primeira etapa.

André fez aos 27, Neymar marcou o seu aos 29 minutos, e Robinho fez um golaço por cobertura aos 32 minutos. Para complicar ainda mais a tarefa do Naviraiense, o volante Jacó Pitibull foi expulso aos 37. Dois minutos depois, André marcou o quinto gol, e no último lance do primeiro tempo Marquinhos, em chute desviado de fora da área, fez o sexto.

“Isso que estamos demonstrando é futebol show. Pedalando na hora que pode, e fazendo gols. A humildade é o caminho para o sucesso e precisamos manter isso para o segundo tempo” comentou Marquinhos.

Em busca de mais gols, Dorival Júnior colocou um sexto jogador na linha de frente santista, Giovanni, no lugar do zagueiro Edu Dracena. Já o treinador adversário reforçou a defesa com a saída do atacante Aldo e a entrada do zagueiro Clécio.

O Santos seguiu inspirado, e pressionando o adversário como se precisasse de mais gols para se classificar. O sétimo foi marcado logo aos 9 minutos por Neymar, que limpou três defensores, o goleiro Aldo, e fez uma “pintura” na Vila.

O goleador da partida, André marcou o oitavo, aos 14 minutos, na última jogada em que Robinho participou na partida. O camisa 7 foi substituído por Madson. Este marcou o nono e o décimo gol santista, aos 20 e 32 minutos respectivamente.