Santos 1 x 1 Portuguesa Santista

Data: 30/01/2005, domingo, 18h10.
Competição: Campeonato Paulista – Turno único – 4ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 15.067 pagantes
Renda: R$ 165.785,00
Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP)
Gols: Robinho (03-2) e Rico (36-2).

SANTOS
Mauro; Flávio, Ávalos, Domingos e Luís Augusto (Ricardo Bóvio); Fabinho, Fábio Baiano (Tcheco), Elano (Douglas) e Ricardinho; Robinho e Deivid.
Técnico: Osvaldinho de Oliveira

PORTUGUESA SANTISTA
Ronaldo; Fabrício, Edinho Baiano e Jéci; Parral, Júlio César, Magal, Cleitão (Adriano) e Jaílson; Rico e Andradina (Itaparica).
Técnico: Sérgio Guedes



Na provável despedida de Elano, Santos empata com a Portuguesa Santista

Na partida que pode ter marcado a despedida do meio-campista Elano, o Santos empatou com a Portuguesa Santista por 1 a 1, neste domingo, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista-2005.

Elano, titular da equipe nos títulos brasileiros de 2002 e 2004, confirmou que pode estar deixando o Santos. Mais do que isso: essa pode ter sido a sua última partida pelo clube da Vila Belmiro.

“Pode ser a minha última partida. Amanhã [segunda-feira], vamos tentar resolver a situação”, disse o jogador, em entrevista ao Sportv. O futuro de Elano, que deve viajar nesta segunda para assinar contrato, é o ucraniano Shakhtar Donetsk.

Com o empate, o Santos chegou aos dez pontos e está em segundo lugar, dois atrás do líder São Paulo, que ganhou do União São João por 2 a 1, no Morumbi. A Portuguesa Santista tem apenas três (17º lugar).

Dentro de campo, a Portuguesa Santista tratou de criar muitas dificuldades para o Santos, principalmente no primeiro tempo. Aos 24min, Parral cobrou falta com perigo e exigiu grande defesa de Mauro.

O Santos também criou uma boa chance para marcar na primeira etapa. Aos 37min, Ricardinho cruzou uma bola da direita e Fábio Baiano cabeceou com perigo.

Logo depois do intervalo, aos 4min, o Santos abriu o placar. Fábio Baiano deu uma arrancada da direita e cruzou para a área. Robinho, livre de marcação, chutou forte, sem defesa para o goleiro Ronaldo.

A Santista chegou ao empate aos 36min. Após uma cobrança de escanteio, o goleiro Mauro falhou feio e o atacante Rico, com passagens por São Paulo e Grêmio, conseguiu tocar a bola para o gol.

Pelo Estadual, as duas equipes voltam a jogar no sábado. O Santos vai jogar fora de casa contra o Atlético Sorocaba.