Santos 1 x 1 Grêmio

Data: 09/07/2008, quarta-feira, 21h45.
Competição: Campeonato Brasileiro – 10ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 10.138 pagantes
Renda: R$ 66.730,00
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Hilton Moutinho Rodrigues (FIFA- RJ) e Marco Aurélio dos Santos (RJ).
Cartões amarelos: Marcel e Perea (G); Tiago Luís e Rodrigo Souto (S).
Gols: Rodrigo Mendes (25-1) e Michael (45-1).

SANTOS
Fábio Costa; Apodi (Wesley), Fabão, Marcelo e Kleber; Adriano, Rodrigo Souto, Michael; Tiago Luís (Molina), Maikon Leite e Kléber Pereira (Lima).
Técnico: Cuca

GRÊMIO
Victor; Léo, Tiego e Rever (Jean); Paulo Sérgio, Rafael Carioca, Wiliam Magrão, Rodrigo Mendes (André Luís) e Helder; Perea (Rudnei) e Marcel.
Técnico: Celso Roth



Santos segue sem vencer e na degola

Time melhora, mas só empata com o Grêmio, completa oito partidas sem triunfo e segue na 18ª colocação

O Santos reencontrou a Vila após dois jogos fora, contou com a ajuda de sua diretoria, que distribuiu mais de dois mil ingressos, mas o caldeirão formado em seu estádio não foi suficiente para que o time voltasse a saborear uma vitória. O Santos empatou com o Grêmio, 1 a 1, seu oitavo jogo sem êxito e piorou sua situação na zona de rebaixamento.

A equipe do Olímpico, por sua vez, segue no G-4 e espera se aproximar do líder Flamengo na próxima rodada, quando enfrenta em casa a Portuguesa.

O momento antagônico vivido por Santos e Grêmio na classificação geral refletiu diretamente no rendimento das equipes em campo. Ameaçado na zona de rebaixamento, o Santos articulou as principais jogadas ofensivas na primeira etapa, ficou a maior parte do tempo no campo rival, mas a ânsia em querer espantar a má fase atrapalhou no momento da finalização.

Estreante no time titular, Maikon Leite perdeu três oportunidades claras de gol. Apodi por pouco não marca um gol sensacional, desferindo chute do meio-campo, aos 44 min. A bola bateu no travessão.

Em situação muito mais confortável na tabela, o Grêmio respondia com menor intensidade, mas de forma certeira, abrindo o placar com Rodrigo Mendes, aos 25 min, em uma dos raros lances de gol da equipe nos primeiros 45 min. O gol do time gaúcho irritou Fábio Costa, que discutiu rispidamente com Fabão, sendo separados pelos atletas santistas.

Pressionado pela torcida alvinegra, o Santos partiu para cima do Grêmio. O empate ocorreu nos acréscimos. O estreante Michael aproveitou cruzamento vindo da direita e completou para o gol.

Mesmo necessitando de gols, Cuca trocou no intervalo Kleber Pereira, artilheiro do Santos no ano, mas em péssima fase, pelo atacante Lima.

Ciente do desespero santista, o Grêmio seguiu mantendo postura inteligente no segundo tempo, cadenciando o jogo e explorando avanços em velocidade. Marcel e Perea assustaram a meta de Fábio Costa.

Ao contrário dos 45 min iniciais, o Santos não produziu tantas chances. A melhor delas com Adriano, que fez Victor se esticar para evitar o gol alvinegro, em cobrança de falta.

Santos e Grêmio jogam em casa na próxima rodada do Brasileirão. A equipe da Vila recebe o Botafogo no domingo, enquanto os gaúchos encaram a Portuguesa, no Olímpico.