Santos 1 x 2 Botafogo

Data: 27/09/1997
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – 16ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 7.291 pagantes
Renda: R$ 64.835,00
Árbitro: Carlos Eugênio Símon (RS).
Cartões amarelos: Narciso e Zetti (S); Wilson Goiano, Marcelo Alves e Jefferson (B).
Cartão vermelho: Élder (S, 40-2)
Gols: Muller (12-1); Sinval (12-2) e Sinval (23-2).

SANTOS
Zetti; Anderson, Jean, Narciso e Rogério Seves; Élder, João Santos (Marcos Bazílio), Caíco e Arinélson (Macedo); Caio (Edgar Baez) e Muller.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BOTAFOGO
Vágner; Wilson Goiano, Jorge Luís, Gonçalves e Jefferson; Marcelinho Paulista (Marcelo Alves), Pingo, Djair e Aílton; Bentinho (França) e Sinval (Dimba).
Técnico: Carlos Alberto Torres



Botafogo bate o Santos na Vila por 2 a 1

O Santos voltou a perder na Vila Belmiro depois de se manter invicto por um ano e meio em jogos no seu estádio. O time foi derrotado de virada por 2 a 1 pelo Botafogo.

O resultado deu ao time carioca a sua primeira vitória fora de casa.

O jogo ficou paralisado durante quatro minutos do 2º tempo devido a uma dúvida do árbitro Carlos Eugênio Simon, que voltou atrás ao validar um gol de falta marcado por Bentinho, do Botafogo, aos 27min do segundo tempo, quando o time carioca já vencia por 2 a 1.

Os jogadores do Santos pressionaram o trio de arbitragem, argumentando que na cobrança a bola havia entrado por fora.

O primeiro tempo terminou com a vantagem do Santos em 1 a 0.

O time começou pressionando o Botafogo. Aos 13min, o Santos chegou ao gol.

Após uma troca de passes na entrada da área, Muller lançou Caíco na linha de fundo, e o meia tocou para trás. A bola resvalou em um zagueiro e sobrou para o próprio Muller, que concluiu com um chute forte para o gol.

A melhor chance do Botafogo no primeiro tempo foi com um chute de fora da área do volante Pingo. A bola bateu em Narciso, desviou do goleiro Zetti e passou perto do gol.

O Botafogo empatou aos 12min do segundo tempo, após uma falha do zagueiro Narciso, que rebateu mal depois de um cruzamento do lateral Jefferson. Na sobra, o atacante Sinval completou para o gol.

O time carioca virou o jogo aos 24min, quando o mesmo Sinval conclui de cabeça para o gol, após cobrança de escanteio.