Flamengo 1 x 0 Santos

Data: 11/11/2007, domingo,
Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ.
Público: 81.844 pagantes e 87.716 presentes.
Renda: R$ 1.085.790,00
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Erich Bandeira (PE)
Cartões amarelos: Toró (F). Maldonado, Pedrinho e Rodrigo Tabata (S).
Gol: Souza (30-2).

FLAMENGO
Bruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton (Obina), Cristian, Ibson e Toró (Roger); Renato Augusto e Souza (Léo Medeiros).
Técnico: Joel Santana

SANTOS
Fábio Costa; Alessandro (Petkovic), Domingos, Marcelo e Kleber; Maldonado, Adriano (Renatinho), Rodrigo Souto, Pedrinho (Vítor Júnior) e Rodrigo Tabata; Kleber Pereira.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Flamengo derrota o Santos e se aproxima da Libertadores

O Flamengo deu um passo importante para chegar à Libertadores. Na noite deste domingo, no Maracanã, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro derrotou o Santos, por 1 a 0, gol de Souza. O triunfo deixou o time carioca com 58 pontos, na terceira posição. Já o Peixe, mesmo com o revés, segue em segundo, com 59, e sua situação continua relativamente tranqüila.

Na próxima rodada, no fim de semana dos dias 24 e 25, o Flamengo pega o Atlético-PR, no Maracanã (provavelmente com os portões fechados), enquanto o Santos encara o Paraná Clube, no Durival de Britto, em Curitiba. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda não definiu as datas e horários.

Antes da bola rolar, duas “surpresas”. O goleiro Fábio Costa, do Santos, recuperado de dores lombares, e o zagueiro Ronaldo Angelim, do Flamengo, sem as dores no peito, foram confirmados como titulares nas respectivas equipes.

Quando a partida começou, o Flamengo, apoiado pela sua torcida, apresentou um ligeiro domínio no primeiro tempo. Ganhando a maioria das ações no meio-campo, os jogadores sempre chegavam com perigo. O goleiro Fábio Costa salvou o time paulista duas vezes, após arremates de Renato Augusto e Juan.

O Santos também assustou nos 45 minutos iniciais. A melhor opção da equipe paulista foi com o volante Rodrigo Souto. A principal chance surgiu logo aos nove minutos, mas a bola saiu à direita de Bruno.

O segundo tempo começou com o Flamengo exercendo uma grande pressão para cima do Santos. Porém, tirando uma falta de Cristian, o goleiro Fábio Costa pouco trabalhou.

O Santos equilibrou as ações a partir dos 25. Só que o Flamengo acabou inaugurando o placar, aos 30 minutos, por intermédio de Souza, após receber toque de Fábio Luciano.

Com o resultado negativo, Vanderlei Luxemburgo mexeu na equipe e colocou Renatinho e Petkovic. A equipe ainda tentou algo, mas esbarrou nas defesas de Bruno.