Santos 2 x 2 Independiente – 2 x 3 nos pênaltis

Data: 04/10/1995, quarta-feira, 21h30.
Competição: Supercopa dos Campeões da Libertadores – Oitavas de final – Jogo de volta
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 9.058 pagantes
Renda: R$ 47.800,00
Árbitro: Epifânio González (PAR)
Gols: Giovanni (07-1) e Manzzoni (32-1); Domizzi (14-2) e Giovanni (43-2).
Pênaltis: Burruchaga (gol), Marquinhos Capixaba (travessão), Garnero (defesa Edinho), Robert (por cima), Serrizuela (gol), Gallo (gol), Arzeno (gol), Giovanni (gol), Cagna (defesa Edinho) e Jamelli (defesa Mondragón).

SANTOS
Edinho; Marquinhos Capixaba, Jean, Narciso e Marcos Adriano; Carlinhos, Robert e Giovanni; Camanducaia (Gallo), Whelliton e Jamelli.
Técnico: Cabralzinho

INDEPENDIENTE-ARG
Mondragón; Clausen, Rotchen, Arzeno e Ramírez; Alvez, (Garnero), Cagna e Domizzi; Dorta (Serrizuela), Burruchaga e Mazzoni.
Técnico: Miguel Angel López



Independiente elimina Santos da Supercopa

O Santos empatou ontem com o Independiente (Argentina) em 2 a 2, perdeu nos pênaltis e foi eliminado da Supercopa dos Campeões da Libertadores.

A equipe paulista havia empatado em 1 a 1 com o time argentino na primeira partida, em Buenos Aires, no dia 13 de setembro.



Créditos:
Vídeo: Fox Sports, uploaded por Fútbol Retro, indicado por Danilo Barbosa