Santos 1 x 2 Grêmio Barueri

Data: 31/01/2008, quinta-feira, 20h30.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – 5ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 4.309 pagantes
Renda: R$ 57.950,00
Árbitro: Otavio Correa da Silva (SP)
Auxiliares: Matheus Camolesi e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: Adaílton (S) e Alex Maranhão (B).
Gols: Alex Maranhão (26-2), Thiago (44-2) e Rodrigo Tabata (49-2).

SANTOS
Felipe; Adaílton, Anderson Salles e Betão; Adriano (Alex), Rodrigo Souto, Marcinho Guerreiro, Kléber (Rodrigo Tabata) e Thiago Carleto; Tiago Luís e Alemão (Fabiano).
Técnico: Emerson Leão

GRÊMIO BARUERI
René; Diego, Ávalos, Duílio e Guigov (Fernando); Rodrigo Pontes, Amaral, Flávio, Marcos Pimentel, Alberto (Tiago) e Alex Maranhão (Goeber).
Técnico: Gelson Silva



Jovens não resolvem, Santos cai ante Barueri e aprofunda crise

A aposta de Emerson Leão na dupla de ataque da Copa São Paulo, Alemão e Tiago Luís, ambos de 18 anos, não surtiu efeito esperado, e o Santos sofreu nova derrota no Estadual, desta vez para o Barueri, 2 a 1, na Vila Belmiro, resultado que deixou o time da Baixada na zona de descenso, ficando em 18º lugar.

A equipe alvinegra entrou em campo sem seu capitão Fábio Costa, sacado por Emerson Leão sob a justificativa de ter recebido seu “segundo cartão amarelo” no clube. O goleiro é esperado nesta sexta para acertar seu futuro.

Para piorar, outro medalhão, o ala Kléber, deixou o jogo no intervalo alegando problema muscular e preocupa para o duelo contra o Paulista, domingo. Foi o terceiro revés em cinco jogos.

Revoltada com o rendimento do Santos, a torcida protestou contra o treinador e presidente Marcelo Teixeira: “Leão, pede demissão”, “Marcelo Teixeira, você está de brincadeira” gritaram os torcedores.

O Santos começou a partida melhor que o Barueri, ameaçando o goleiro René aos 10 min, em contra-ataque puxado por Tiago Luís, que finalizou por cima do gol, na entrada da área.

Seis minutos depois, Tiago Luís novamente apareceu no ataque. Thiago Carleto arriscou chute com força. A bola desviou em Marcinho Guerreiro e sobrou para Tiago Luís. A arbitragem, porém, considerou que Guerreiro estava impedindo anulando o que seria o primeiro gol santista.

Em sua primeira boa jogada na etapa inicial, o Barueri foi eficiente. Aos 26 min, o atacante Alex Maranhão, de falta, chutou no canto esquerdo de Felipe, que chegou atrasado no lance.

O Santos desperdiçou ótima oportunidade de empate. Derrubado dentro da área pelo volante Amaral, Tabata cobrou a penalidade no canto esquerdo de René, que saltou para tirar a bola. Antes, o santista havia acertado a cobrança, mas o árbitro Otavio Correa da Silva mandou voltar, revoltando a equipe litorânea.

Estreante no time titular, Alemão teve atuação apagada, sendo substituído por Fabiano.

Em outra investida santista, René fez excelente defesa, aos 17 min da etapa complementar, em cabeceada de Alex na área. Oito minutos depois, em um chute espetacular de longa distância, Tiago Luís por pouco não encobriu o goleiro. O Barueri quase ampliou aos 31 min. Tiago tentou, em vão, encobrir o goleiro Felipe.

No contra-ataque, o time visitante sacramentou a vitória. Thiago superou Adaílton e arrematou sem dificuldade para o gol. Nos acréscimos, Tabata descontou.