América-RN 1 x 4 Santos

Data: 26/08/2007, domingo, 18h10.
Competição: Campeonato Brasileiro – 21ª rodada
Local: Estádio Machadão, em Natal, RN.
Público: 5.043 pagantes
Renda: R$ 73.470,00
Árbitro: Cláudio Luciano Mercante Júnior (PE)
Auxiliares: Ubirajara Ferraz e Erich Bandeira (PE)
Cartões amarelos: Ney Santos, Reinaldo, Robson, Paulo Isidoro (A); Adaílton e Kléber (S).
Gols: Petkovic (20-1), Kléber Pereira (25-1); Kléber Pereira (01-2), Ney Santos (38-2) e Rodrigo Tabata (40-2).

AMÉRICA-RN
Gléguer, Robson Lopes (Ney Santos), Cris, Robson e Berg; Luís Maranhão, Reinaldo, Adãozinho e Souza (Wesley Brasília); Arlon (Wendes) e Paulo Isidoro.
Técnico: Marcelo Veiga

SANTOS
Fábio Costa; Baiano, Domingos, Adaílton e Kléber; Maldonado, Rodrigo Souto (Adoniran), Vítor Júnior (Rodrigo Tabata) e Petkovic; Marcos Aurélio (Renatinho) e Kléber Pereira.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos goleia América-RN e mantém-se próximo ao G-4

Em uma rodada na qual a maioria das equipes que está acima do Santos na tabela triunfou, o time alvinegro fez a sua parte e, com ótimas atuações de Petkovic e Kléber Pereira, derrotou o América-RN por 4 a 1 em Natal, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o clube mantém-se próximo da zona de classificação à Copa Libertadores.

O triunfo deixa o time do litoral paulista com 33 pontos, passando para o sexto lugar. A equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo tem agora três pontos de desvantagem para o Palmeiras, último time do chamado G-4.

O resultado ainda dá seqüência à ascensão santista no Nacional. Nas últimas seis rodadas da competição, a equipe venceu cinco jogos (América-RN, Sport, Paraná, Flamengo e Atlético-MG) e foi derrotada apenas para o Fluminense, no Maracanã. Assim, conquistou 15 de 18 pontos que estiveram em disputa.

De quebra, o Santos ainda mostra que superou mesmo o trauma diante de clubes nordestinos. Se no primeiro turno foram três reveses para os três times da região, no returno já são duas vitórias, pois também bateu o Sport na Vila Belmiro na última rodada.

O América-RN, por sua vez, segue com aproveitamento pífio na competição. A equipe potiguar permanece na lanterna com apenas dez pontos. O time somou ainda sua oitava derrota seguida no Brasileiro. Após o jogo, o técnico Marcelo Veiga colocou o cargo à disposição.

A partida começou morna no estádio Machadão. O América-RN mostrou bastante vontade nos minutos iniciais e chegou a assustar o goleiro Fábio Costa. No entanto, a qualidade da equipe da Baixada prevaleceu. Aos 20min, com um chute de fora da área, o sérvio Petkovic abriu o placar, marcando seu primeiro gol com a camisa alvinegra. Apenas cinco minutos depois, foi a vez de o avante Kléber Pereira, em uma bela jogada individual, ampliar.

Na etapa final, o panorama da partida não se alterou e, logo com 1min, Kléber Pereira, aproveitando bom lançamento de Pet, tocou sobre o goleiro e fez seu segundo gol na partida, e o terceiro do Santos.

Depois disso, os visitantes diminuíram o ritmo e pararam de atacar o adversário. O América-RN ainda criou algumas jogadas ofensivas e diminuiu com Ney Santos aos 38min. Mas sobrou tempo para Rodrigo Tabata marcar o quatro gol santista.