Santos 4 x 0 XV de Piracicaba

Data: 11/06/1995, domingo, 15h30.
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 2.101 pagantes
Renda: R$ 8.473,00
Árbitro: Alfredo dos Santos
Cartões amarelos: Marcelo Moura e Marcelo Passos (S); Celinho (XV).
Cartões vermelhos: Marcelo Passos (S) e Celinho (XV).
Gols: Marcelo Passos (37-1, de pênalti); Demétrios (08-2), Demétrios (18-2) e Carlinhos (24-2).

SANTOS
Edinho (Róbson); Ronaldo, Maurício Copertino, Marcelo Moura (Jean) e Silva; Cerezo, Carlinhos (Marcos Bazílio), Jamelli e Marcelo Passos (Marcos Paulo); Macedo e Demétrios.
Técnico: Joãozinho Rosa

XV DE PIRACICABA
Marcos; Jaime (Hélio), Luís Fernando e Nem (Rodnei); Cabrera (Wagner), Biluca, Alex, Almir e Ivanildo; Celinho e Carlos Alberto.
Técnico: Rubens Minelli



Santos goleia e XV cai para segunda divisão

O Santos venceu por 4 a 0 o XV de Piracicaba ontem à tarde, na Vila Belmiro, em Santos (SP). A equipe ficou na terceira colocação da primeira fase do Paulista.

Os gols foram marcados por Marcelo Passos, Demétrius (2) e Carlinhos.

A partida começou em ritmo lento, com muitos erros de passes dos santistas. A primeira jogada de perigo só aconteceu aos 16min, em um chute de Macedo para fora.

O XV chegou com perigo ao gol santista aos 17min, em uma cabeçada de Luís Fernando na trave.

O primeiro gol aconteceu aos 37min, de pênalti. Macedo foi derrubado pelo goleiro Marcos. O meia Marcelo Passos, artilheiro do time, com 16 gols, cobrou no canto direito: 1 a 0.

No segundo tempo, o time de Piracicaba voltou melhor armado, embora continuasse com falhas individuais. O Santos tirou proveito e ampliou logo aos 8min. O zagueiro Nem, do XV de Piracicaba, perdeu a bola para Demétrius, que tocou para Macedo e recebeu na corrida. Ele chutou forte no canto esquerdo: 2 a 0.

Aos 18min, nova falha de Nem. Ronaldo foi à linha de fundo e ajeitou para Demétrius chutar de pé direito, no canto direito do goleiro: 3 a 0.

O XV não esboçou reação. O técnico Rubens Minelli promoveu alterações que não surtiram efeito.

Aos 24min, Carlinhos marcou o gol mais bonito da partida. No rebote da zaga, o santista pegou na intermediária e desferiu o chute de perna direita. A bola entrou no ângulo direito.

Demétrius, Macedo e Marcelo Passos desperdiçaram chances de ampliar a goleada.

O técnico Joãozinho deu oportunidade para Róbson, Marcos Paulo, Marcos Basílio e Jean. O time manteve o bom ritmo.

No final do jogo, os jogadores reclamaram do estado ruim do gramado da Vila Belmiro.

Fontes:
Estadão
Vídeo: indicado por Danilo Barbosa.