Santos 2 x 0 Comercial RP

Data: 22/02/2012, quarta-feira, 19h30.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – 9ª rodada
Local: Arena Barueri, em Barueri, SP.
Público: 5.100 pagantes
Renda: R$ 113.025,00
Árbitro: Aurélio Santanna Martins
Auxiliares: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Claudson Lincoln Beggiato
Cartões amarelos: Borges (S); Luis Augusto, Fabão, Leandro Camilo, Jordã e Ricardo Conceição (C).
Gols: Ibson (28-1) e Durval (36-2).

SANTOS
Aranha; Fucile (Crystian), Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique, Arouca, Ibson (Elano) e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges (Alan Kardec).
Técnico: Muricy Ramalho

COMERCIAL RP
Alex Santana; Jordã, Fabão, Leandro Camilo e Rossato (Wellington); Jonílson (Henrique Motta), Ricardo Conceição, Carlos Magno e Luis Augusto; Henan (Jaílton) e Alex Rafael.
Técnico: Márcio Fernandes



Santos bate o Comercial e amplia série de vitórias no Campeonato Paulista

Ibson e Durval marcaram os gols do Santos que chegou aos 18 pontos na tabela do Paulistão 2012

Com uma atuação segura, o Santos chegou a mais uma vitória no Campeonato Paulista. Com um gol em cada tempo, o time da baixada fez 2 a 0 sobre o Comercial, na noite desta quarta-feira, na Arena Barueri. Ibson e Durval marcaram os gols do triunfo santista, o quarto consecutivo da equipe no Paulistão.

A vitória levou o time de Muricy Ramalho aos 18 pontos e, momentaneamente, chegou à quarta posição no Estadual. O Santos agora aguarda o complemento da rodada para saber qual será a sua real colocação no torneio. Já o Bafo, com apenas sete pontos ganhos, segue cada vez mais ameaçado de rebaixamento.

O Peixe volta a campo diante da Ponte Preta, no próximo sábado, a partir das 18h30 (horário de Brasília), outra vez na Arena Barueri. Já o Comercial recebe o Mirassol, domingo, às 18h30, no Palma Travassos, em Ribeirão Preto.

O jogo

O Santos começou a partida pressionando o Comercial. No primeiro lance de perigo, Neymar cobrou escanteio pelo lado esquerdo, na medida para a cabeçada do zagueiro Edu Dracena, mas a bola explodiu no travessão do Bafo.

O Comercial assustou em cobrança de falta, aos 18, o lateral esquerdo Rossato acertou a trave direita de Aranha, assustando a torcida santista.O Santos chegou ao gol aos 28. Neymar fez grande lance individual, deixando três marcadores para trás, antes de tocar para Ibson, na saída do goleiro Alex Santana, abrir o placar para a equipe da Vila Belmiro.

Na volta do intervalo, os santistas continuaram dominando o jogo e, aos 12, o time quase ampliou a sua vantagem, mais uma vez. Neymar cobrou falta pela direita, Ganso antecipou a marcação e, com um toque de cabeça, acertou o travessão do Comercial.

Com a partida sob o seu controle, apesar do placar mínimo, o Santos tocava pacientemente a bola, esperando um espaço na zaga rival para chegar ao segundo gol. O segundo tento do Santos só foi acontecer aos 36. Em cobrança de falta, Élano, que havia entrado no lugar de Ibson, colocou a bola na cabeça de Durval. O toque do zagueiro foi no ângulo esquerdo de Alex Santana, que nada pôde fazer para evitar o segundo do Peixe.