Santos 0 x 1 São Caetano

Data: 15/06/2003, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 13ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 7.722 pagantes
Renda: R$ 99.039,00
Árbitro: Luís Marcelo Vincentim Cansiam (SP).
Auxiliares: Ana Paula Silveira Oliveira (SP) e Geraldo José Vollet Pinheiro (SP).
Cartões amarelos: Fabiano e Paulo Almeida (S); Thiago, Dininho, Gustavo, Ramalho e Marco Aurélio (SC).
Gol: Marcinho (35-2).

SANTOS
Fábio Costa; Reginaldo Araújo (Douglas), Pereira, Alex e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano e Diego (Rubens Cardoso); Robinho (Nenê) e Fabiano.
Técnico: Emerson Leão

SÃO CAETANO
Sílvio Luiz; Dininho, Thiago e Gustavo; Marlon, Marco Aurélio, Fábio Santos (Zé Carlos), Capixaba e Ramalho; Marcinho e Matheus (Mineiro).
Técnico: Mário Sérgio



Santos perde gols e o jogo para o São Caetano

Mesmo superior na partida, o Santos perdeu a oportunidade de conseguir três pontos em casa e assumir a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, ao perder por 1 a 0, na tarde deste domingo, para o São Caetano.

Como de costume, o Santos abusou da oportunidade de perder gols. A equipe santista dominou a partida, inclusive com uma bola na trave, mas não conseguiu fazer o gol.

No segundo tempo, em falha de Paulo Almeida, Marcinho fez o gol da primeira vitória do time do Grande ABC fora de casa.

Agora, o Santos volta suas atenções para a Libertadores da América. Na próxima quarta-feira, a equipe joga contra o Independiente de Medellin, na Colômbia. Um empate garante a equipe brasileira na grande final do torneio.

Pelo Campeonato Brasileiro, Santos e São Caetano voltam a campo no próximo domingo. O alvinegro vai para Curitiba enfrentar o Atlético-PR. Já o time do Grande ABC recebe o Vitória em casa.

O jogo

A partida começou quente. Antes do primeiro minuto de jogo, o São Caetano assustou a torcida santista. Marcinho recebeu bola na direita e chutou com perigo contra a meta de Fábio Costa.

Aos 2min, a resposta do Santos. Reginaldo Araújo cruzou da direita e Fabiano cabeceou próximo à trave do time do Grande ABC.

Aos 9min, Robinho recebeu bola e, de longe, tentou colocar a bola, que saiu fraca, pela linha de fundo.

O jogo seguia equilibrado, com ambas as equipes jogando ofensivamente. Nenhuma dos times, porém, conseguiam finalizar.

Aos 19min, a melhor oportunidade do jogo. Fabiano, de frente para o goleiro Sílvio Luiz, perdeu a oportunidade de colocar o Santos em vantagem no marcador. Seu chute saiu à esquerda do defensor do São Caetano.

O Santos, melhor na partida, ainda conseguiu carimbar a trave. Aos 25min, Pereira foi para a área aproveitar cobrança de escanteio e cabeceou a bola na trave de Sílvio Luiz.

Aos 32min, Elano cobrou falta da direita com muito efeito e o goleiro do São Caetano evitou o gol santista ao espalmar a bola para escanteio.

O Santos continuou na pressão. Aos 40min, Léo cruzou da esquerda, mas Dininho afastou o perigo dentro da pequena área. Aos 44min, Elano chutou forte e Sílvio Luiz defende com dificuldade.

O alvinegro voltou para o segundo tempo disposto a somar três pontos na Vila Belmiro. Diego, aos 16min, chutou colocado da entrada da área e a bola passou raspando a trave de Sílvio Luiz.

Alex, aos 26min, cabeceou com perigo contra a meta do São Caetano. O Santos tinha amplo domínio da partida, mas apesar do grande volume de jogo, errava muito nas finalizações.

Aos 35min veio o castigo santista. Mineiro tomou bola de Paulo Almeida, que falhou feio na defesa, e tocou para Marcinho empurrar para o gol e fazer o gol do São Caetano, em uma das poucas chegadas do time do ABC ao ataque.

O Santos ainda tentou o empate, mas desperdiçou diversas oportunidades, permitindo a primeira vitória do São Caetano fora de casa.