São Caetano 0 x 1 Santos

Data: 17/09/2003, quarta-feira, 21h40.
Competição: Copa Sul-Americana – 3ª Fase Classificatória – Jogo de ida
Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, SP.
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Dininho, Marcelo Matos e Gustavo (SC); Renato, André Luís e William (S)
Gol: Robinho (05-2, de pênalti).

SÃO CAETANO
Sílvio Luís; Dininho, Gustavo e Serginho; Ângelo (Anaílson), Mineiro, Marcelo Matos (Warley), Capixaba e Zé Carlos; Marcinho e Somália (Adhemar).
Técnico: Tite

SANTOS
Fábio Costa; Reginaldo Araújo, Alex, André Luís e Léo; Daniel, Renato, Elano e Diego (Marcelo); Robinho e William (Alexandre).
Técnico: Emerson Leão



Santos vence e fica próximo da fase internacional da Copa Sul-Americana

O Santos venceu o São Caetano por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Anacleto Campanella, no jogo de ida das semifinais da seletiva brasileira, e ficou a um empate de passar à fase internacional da Sul-Americana.

Apesar de não ter jogado bem, o Santos criou as melhores chances no primeiro tempo. Na melhor delas, aos 34min, Elano recebeu lançamento na área e chutou no canto, mas Sílvio Luiz fez boa defesa.

Antes, a equipe santista já havia assustado com um chute de fora da área do atacante William, que também parou nas mãos do goleiro do São Caetano, e com o zagueiro André Luís, em cabeçada rente à trave direita.

O São Caetano teve mais posse de bola na etapa inicial, mas pouco trabalho deu para o goleiro santista Fábio Costa. A equipe de Tite chegou com frequência ao ataque, mas pecou nas finalizações.

No início do segundo tempo, Marcelo Mattos derrubou o meia Diego na área e o árbitro marcou pênalti. O atacante Robinho bateu no canto esquerdo de Sílvio Luiz e abriu o placar para o time da Vila.

Aos 10min, os visitantes quase ampliaram com o zagueiro Alex, que cabeceou com perigo após cruzamento de Diego. Aos 24min, Elano também teve a chance de aumentar, mas Sílvio Luiz salvou.

As duas equipes disputam o jogo de volta das semifinais da seletiva, no dia 1º de outubro, na Vila Belmiro. Os donos da casa jogam pelo empate para ficar com a vaga na fase internacional da competição.