Vídeos: (1) Gols e (2) melhores momentos.

Figueirense 1 x 3 Santos

Data: 16/08/2012, quinta-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 17ª rodada
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, SC.
Público e renda: não disponíveis
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG).
Auxiliares: Marcus Vinicius Gomes e Celso Luiz da Silva (ambos de MG).
Cartões amarelos: Aloísio e Jackson (F); Gérson Magrão, Ganso e David Braz (S).
Cartões vermelhos: Juan (S) e Túlio (F).
Gols: Aloisio (02-2), Neymar (05-2), Bruno Peres (31-2) e Ganso (39-2).

FIGUEIRENSE
Wilson; Léo (Elsinho), Fred, Anderson Conceição e Guilherme Santos; Claudinei, Jackson, Túlio e Fernandes; Caio e Aloisio (Júlio Cesar, depois Almir).
Técnico: Hélio dos Anjos

SANTOS
Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, David Braz e Juan; Adriano, Arouca, Patito Rodríguez (Gérson Magrão) e Paulo Henrique Ganso; Neymar e André (Miralles).
Técnico: Muricy Ramalho



‘Operação Neymar’ dá certo, e Santos vence o Figueirense em Florianópolis

Joia santista fez o seu e deu uma assistência na primeira vitória do Santos fora de casa no Brasileiro

Nem parecia que Neymar havia jogado 30 horas antes. A verdadeira ‘operação’ para trazer o camisa 11 de volta do amistoso do Brasil na Suécia valeu a pena. A joia santista foi o destaque, e o Santos venceu o Figueirense, por 3 a 1, nesta quinta, em Florianópolis. Foi a primeira vitória da equipe de Muricy Ramalho fora de casa no Brasileirão.

Demonstrando muita disposição e fôlego, Neymar infernizou a zaga do Figueirense durante toda a partida. Marcou o primeiro gol e deu passe para Ganso fechar o placar. O lateral Bruno Peres fez o segundo do Santos , enquanto Fernandes marcou para os mandantes.

Os santistas chegam a 20 pontos, ocupam a 14ª posição e ainda estão longe da zona de classificação para a Libertadores de 2013. Já os catarinenses amargam a lanterna do Brasileirão, com apenas 11 pontos conquistados.

Na próxima rodada, a penúltima do primeiro turno do Brasileirão, o Santos recebe o arquirrival Corinthians, algoz da equipe nas semis da Libertadores. Já o Figueirense vai a Porto Alegre enfrentar o Grêmio na luta para fugir da zona do rebaixamento. As duas partidas acontecem no domingo, às 16h (horário de Brasília).

O jogo

O Santos contava com o retorno de Neymar, Ganso e Rafael, além da reestreia do atacante André. Porém, o jogo mal começou e o time de Muricy se viu em desvantagem logo aos 9 minutos de partida. Caio ganhou na corrida de Juan e o lateral santista deu um carrinho por trás no atacante catarinense. Como era o último homem, o árbitro Emerson de Almeida Ferreira não hesitou em expulsar o santista.

No lance seguinte outro susto, e o goleiro Rafael teve de fazer bela defesa em cabeçada de Aloísio. Com um a menos, Muricy logo mexeu, colocando o lateral esquerdo Gérson Magrão no lugar de Patricio Rodriguez. Mas o Santos continuava desorganizado em campo, com Ganso em atuação apagada. O atacante Aloísio voltou a levar perigo para os santistas, após cabecear bola no travessão.

A primeira chance do Santos veio com Neymar. E a joia santista perdeu um gol incrível. Gérson Magrão avançou pela esquerda e cruzou, Neymar dominou na pequena área e tirou demais do goleiro Wilson, mandando para fora.

No minuto seguinte, o volante Túlio deu uma tesoura no camisa 11 do Santos e foi expulso direto. Foi a sétima exclusão do time catarinense no Brasileiro, a equipe mais indisciplinada da competição.

Se a primeira etapa não teve grandes emoções, o segundo tempo começou a todo vapor. Logo aos dois minutos, Aloísio fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Fernandes marcar de cabeça para o Figueirense.

A resposta do Santos veio rapidamente. Neymar arrancou, passou por dois marcadores e chutou para fazer um golaço. Foi o primeiro gol do time paulista fora de casa no Brasileirão, apenas na 10ª partida como visitante.

Mesmo sofrendo o gol de empate, o Figueirense seguia com mais posse de bola e se arriscava mais ao ataque. Aloísio infernizava a zaga santista, mas se cansou e foi substituído. Do outro lado, Neymar continuava inspirado. A estrela do Santos deu belo passe para Miralles, que entrou no lugar do apagado André, chutar para a defesa de Wilson, com os pés.

O time de Muricy conseguiu a virada aos 31. O lateral Bruno Peres levou a bola pelo meio da zaga do Figueira e tocou na saída de Wilson. Ainda deu tempo de Ganso ampliar, após assistência de Neymar, para definir o placar e garantir a primeira vitória do Santos fora de seus domínios no Brasileirão.

Bastidores:

Muricy defende ‘operação Neymar’ e ‘corneta’ a imprensa

“Ninguém é menino aqui para fazer coisa errada. A gente sabe bem o que está fazendo”, disse o comandante santista após a vitória contra o Figueirense

Logo após a bela atuação de Neymar e a vitória do Santos por 3 a 1 sobre o Figueirense nesta quinta, o técnico Muricy Ramalho defendeu a verdadeira operação para trazer o craque santista de volta do amistoso do Brasil contra a Suécia.

“Ninguém é menino aqui para fazer coisa errada. A gente sabe bem o que está fazendo”, afirmou o comandante santista.

Muricy ainda atacou a imprensa quando perguntado sobre os riscos de colocar Neymar em campo, mesmo com a possibilidade de alguma lesão muscular no jogador.

“Quando a gente poupa, vocês xingam. Se eu coloco o cara para jogar vocês falam mal também. O menino fretou um avião para jogar. É diferenciado e forte fisicamente, se movimentou bastante e foi bem no jogo”, concluiu o técnico.

O Santos conquistou a primeira vitória fora de casa no Brasileirão, chegou a 20 pontos na tabela do Brasileirão e ocupa a 14ª posição. Na próxima rodada, encara o clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro. A partida acontece no domingo às 16h.

Bruno Peres atribui gol sobre o Figueirense à cobrança de Muricy

Lateral santista marcou o gol da virada do time paulista contra os catarinenses, seu segundo desde que chegou ao time

Autor do segundo gol do Santos na vitória sobre o Figueirense, por 3 a 1, na noite desta quinta-feira, no Orlando Scarpelli, o lateral direito Bruno Peres evitou demonstrar empolgação excessiva com o feito. Contente com o gol anotado diante dos catarinenses, o seu segundo com a camisa do Peixe, o ala atribuiu o lance a cobrança do técnico Muricy Ramalho para a melhora do seu rendimento na equipe.

“É importante para mim isso (as orientações de Muricy). Ele tem cobrado para eu chegar mais na frente. Tive a felicidade de fazer esse lindo gol e ajudar o time a vencer”, contou Peres, que fez uma fila de defensores adversários antes de chutar de pé esquerdo para o gol, vencendo o arqueiro Wilson.

O tento assinalado pelo lateral virou o jogo para os santistas, aos 31 minutos do segundo tempo. Mais tarde, aos 39, o meia Paulo Henrique Ganso aproveitou assistência de Neymar para dar números finais a vitória do Alvinegro Praiano em Florianópolis.

Bruno Peres chegou a Vila Belmiro emprestado pelo Audax-SP. Destaque do Guarani, na campanha que rendeu o vice-campeonato paulista ao Bugre, o ala fica no Santos até o fim do Paulistão de 2013.