Bahia 2 x 0 Santos

Data: 11/04/2001, quarta-feira, 21h40.
Competição: Copa do Brasil – 2ª fase – Jogo de ida
Local: Estádio da Fonte Nova, em Salvador, BA.
Público e renda: N/D
Árbitro: Antonio Pereira da Silva (GO)
Cartões amarelos: Galván e Rincón (S).
Gols: Nonato (24-1) e Róbson (14-2, de pênalti).

BAHIA
Émerson; Jefferson, Carlinhos Paulista, Jean Elias e Japinha; Preto Casagrande, Bebeto Campos, Capixaba (Claiton) e Alex Oliveira; Róbson e Nonato.
Técnico: Evaristo de Macedo

SANTOS
Fábio Costa; Russo, Pereira, Galván e Léo; Paulo Almeida, Rincón, Renato (Elano) e Robert; Dodô (Rodrigão) e Deivid.
Técnico: Geninho



Santos perde para o Bahia e reduz chances

O time do Santos complicou a sua situação na Copa do Brasil ao ser derrotado pelo Bahia por 2 a 0, ontem, em Salvador. Agora a equipe do técnico Geninho precisa vencer a segunda partida por três gols de diferença para ir às oitavas-de-final do torneio, sem depender de uma disputa pênaltis.

O Bahia, que conquistou a sua nona vitória consecutiva, classifica-se até com uma derrota por um gol de diferença.

Com um esquema tático ofensivo armado pelo técnico Evaristo de Macedo, a equipe da casa começou pressionando o Santos. Logo aos 3min, o meia Alex Oliveira desperdiçou uma boa oportunidade de abrir o placar, quando tinha apenas o goleiro Fábio Costa pela frente.

Aos 24min, porém, Nonato desviou de cabeça um cruzamento da direita e fez 1 a 0 para o Bahia.

No segundo tempo, o time baiano continuou melhor e marcou seu segundo gol aos 14min. Em pênalti sofrido pelo meia Luis Carlos Capixaba, o centroavante Róbson, que não marcava havia seis jogos, cobrou e ampliou.

A partir daí, o Bahia recuou para garantir a vitória, mas, mesmo assim, conseguiu mais chances que o Santos para marcar.

Antes da próxima partida contra o Bahia, o time de Geninho volta a jogar no domingo contra Inter de Limeira, pelo Paulista, precisando da vitória.

O time, que tem 20 pontos e divide a quarta posição com Corinthians, Portuguesa Santista e Botafogo, não poderá perder se quiser manter as chances de classificação no torneio.

Fonte: Jornal Folha de SP – http://acervo.folha.com.br/fsp/2001/04/12/20//50288