Flamengo 4 x 1 Santos

Data: 12/02/2000, sábado.
Competição: Torneio Rio SP – 1ª fase – 6ª rodada
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ.
Público e renda: não divulgados
Árbitro: Romildo Correia (SP).
Cartões amarelos: Rocha (F); Michel, Márcio Santos e Baiano (S).
Gols: Petkovic (29-1) e Juan (35-1); Dodô (10-2), Lúcio (17-2) e Leandro Machado (21-2).

FLAMENGO
Clemer; Maurinho, Juan, Luiz Alberto e Athirson; Leandro Ávila (Rogério), Rocha, Adriano (Lúcio) e Petkovic (Leonardo Inácio); Rodrigo Mendes e Leandro Machado.
Técnico: Paulo César Carpegiani

SANTOS
Nei; Michel (Deivid), Galván, Márcio Santos (Jean) e Rubens Cardoso; Ânderson, Dutra, Baiano e Adiel (Robert); Caio e Dodô.
Técnico: Carlos Alberto Silva



Flamengo goleia o Santos à toa

O Flamengo bateu ontem por 4 a 1 o Santos, no Maracanã. Apesar do resultado, o time rubro-negro se viu eliminado do Torneio Rio-São Paulo, afinal, dependia nessa última rodada da primeira fase de um tropeço do Botafogo-RJ, que não veio.

Por seu lado, a equipe santista precisava golear e de uma derrota botafoguense. Nenhuma das duas coisas aconteceu, e o Santos também acabou fora das semifinais do torneio de pré-temporada.

O Santos, que hoje deve apresentar o volante colombiano Rincón, começou melhor, marcando firme e se lançando ao ataque com mais eficiência.

O Flamengo mostrava muita dificuldade, e sua torcida, logo aos 15min, já ensaiava uma vaia.

Aos 23min, a equipe visitante teve uma boa oportunidade de gol. Recém-vindo da seleção pré-olímpica, o lateral Baiano superou o goleiro Clêmer, mas a bola passou ao lado da trave.

O time carioca, porém, acordou em campo aos 29min. O atacante iugoslavo Petkovic recebeu a bola na entrada da área, driblou o argentino Galván e bateu para o gol. A bola desviou e entrou.

Passados seis minutos, o Flamengo marcou seu segundo gol. Petkovic cobrou com efeito um escanteio, e o zagueiro Juan desviou antes da chegada do goleiro santista Nei.

Para o segundo tempo, com desvantagem no placar, o Santos fez duas mudanças, entrando Robert e Deivid. Com essa opção pelo ataque, o Santos melhorou seu desempenho, e o jogo ficou com mais lances de área.

Logo aos 10min, fez seu primeiro gol. Deivid fez jogada com Dutra, que passou para Dodô. O atacante santista só empurrou a bola para dentro do gol rival.

O Santos aproveitou o momento de desânimo dos flamenguistas, que ficaram sabendo pelo sistema de som que o Botafogo vencia o São Paulo por 2 a 0, o que significava sua eliminação.

Mesmo assim, o ex-santista Lúcio, que entrara no intervalo, injetou ânimo no time carioca. Aos 15min, Lúcio fez boa jogada, mas sua finalização foi interceptada pelo goleiro Nei.

Mas, aos 17min, Lúcio marcou. Após escanteio, Leandro Machado dominou a bola no peito e cruzou. Na pequena área, Lúcio desviou para o gol.

Mais cinco minutos e mais um gol carioca. Um cruzamento da esquerda foi desviado de cabeça por Leandro Machado, com a bola batendo na trave e indo para a rede santista.