Santos 0 x 0 Flamengo

Data: 26/05/2013, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª rodada
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília, DF.
Público: 63.501 pagantes
Renda: R$ 6.948.710,00
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marrubson Melo Freitas (DF).
Cartões amarelos: Henrique (S); Luiz Antônio (F).

SANTOS
Rafael; Rafael Galhardo (Patito Rodríguez), Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo (Felipe Anderson); Neymar e Henrique (Gabriel).
Técnico: Muricy Ramalho

FLAMENGO
Felipe; Léo Moura, Renato Santos, Marcos González e Ramon; Luiz Antônio (Carlos Eduardo), Elias, Renato Abreu e Gabriel (Paulinho); Rafinha e Hernane (Marcelo Moreno).
Técnico: Jorginho



Na despedida de Neymar, Santos e Flamengo não saem do zero em Brasília

O craque santista pouco apareceu durante os 90 minutos e agora vai desfilar nos gramados europeus com a camisa do Barcelona

O que poderia ser uma grande festa, com o estádio Mané Garrincha, em Brasília, cheio e a despedida de Neymar, acabou em um empate sem gols entre Santos e Flamengo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O craque santista pouco apareceu durante os 90 minutos e agora vai desfilar nos gramados europeus com a camisa do Barcelona. Os rubro-negros foram melhores e desperdiçaram diversas chances claras. Assim, as duas equipes somaram apenas um ponto neste início de Série A.

O primeiro tempo foi de muita correria, mas sem muita inspiração. O Flamengo criou as melhores chances, com Rafinha e Gabriel. Já na etapa final, os cariocas seguiram tendo as melhores chances, mas novamente não as aproveitaram para desespero da torcida, que era ampla maioria, presente no Mané Garrincha.

O jogo

O confronto começou com as duas equipes buscando o ataque. O Flamengo aproveitava melhor os espaços e chegava próximo ao gol. Os rubro-negros quase abriram o placar com 11 minutos. Após cruzamento na área, Rafinha apareceu livre e tocou, mas viu Rafael fazer grande defesa para salvar o Santos. Os paulistas tinham dificuldade de transpor a marcação adversária e Neymar pouca aparecia em campo.

O craque arriscou seu primeiro chute somente aos 17 minutos. Após tabela com Montillo, Neymar tentou colocar a bola no ângulo de Felipe, mas a viu ir por cima do travessão de Felipe. O lance acabou sendo o único dos paulistas, pois o Flamengo conseguia chegar com mais frequência ao ataque, mas esbarrava na defesa do Santos, que tirava o perigo.

Depois de um período com muita correria, mas poucas chances de gol, o Flamengo teve novamente grande chance marcar, aos 42 minutos. Hernane recebeu a bola na área, de frente para rafael. No entanto, o atacante preferiu tocar para Gabriel, mas o meio demorou muito para finalizar e acabou travado pela zaga santista. Renato Abreu ainda pegou o rebote, só que chutou por cima do travessão. Assim, o duelo foi para o intervalo com a igualdade no marcador no Mané Garrinha.

No segundo tempo, o panorama da partida seguiu o mesmo. O Santos não tinha organização no setor ofensivo e não incomodava o goleiro Felipe. O Flamengo conseguia chegar com mais facilidade ao ataque, mas também não ameaçava Rafael. Na melhor chance dos primeiros minutos, Elias arriscou de fora da área e a bola passou a direita do gol santista. A resposta do Santos aos nove minutos. Após cruzamento, Henrique escorou para Neymar, mas o atacante foi travado no momento da finalização.

O confronto melhorou e as duas equipes passaram a criar mais chances. Aos 23 minutos, Neymar cobrou falta e obrigou Felipe a voar para fazer a defesa. Já o Flamengo respondeu três minutos depois. Gabriel foi lançado na área, tocou por cima de Rafael, mas viu Durval aparecer para salvar os paulistas.

Os rubro-negros começaram a aproveitar mais os espaços e quase abriram o placar aos 32 minutos. Em contra-ataque rápido, Marcelo Moreno foi lançado e finalizou para grande defesa de Rafael, que salvou o gol com o pé. Dois minutos depois, foi a vez de Carlos Eduardo desperdiçar oportunidade. O atacante viu o goleiro santista falhar após cruzamento, mas chutou errado, para fora.

Nos minutos finais, as duas equipes ainda tentaram o gol da vitória, mas na base da vontade. Nenhuma conseguiu criar chance clara e o duelo acabou mesmo em um frustrante empate sem gols em Brasília.

Bastidores – Santos TV:

Após choro em último jogo pelo Santos, Neymar tenta fazer a ficha cair

Já na execução do Hino Nacional Brasileiro, o novo reforço do Barcelona começou a chorar por causa da despedida

O atacante Neymar não conteve as lágrimas antes de disputar o seu último jogo pelo Santos , o empate sem gols com o Flamengo, neste domingo, no Mané Garrincha. Já na execução do Hino Nacional Brasileiro, o novo reforço do Barcelona começou a chorar por causa da despedida.

“A ficha já está começando a cair. Está na garganta. Vou tomar água para ela cair realmente”, comentou Neymar, sorrindo, bem mais tranquilo ao final da sua partida derradeira pela equipe da Vila Belmiro.

Durante o jogo, o atacante não conseguiu se destacar. Recebeu poucas vezes a bola e arriscou algumas conclusões em cobranças de falta, mas sem precisão e força suficientes para vencer o goleiro Felipe. No intervalo, seu time demorou muito a voltar ao gramado do Mané Garrincha.

“Foi emocionante, no vestiário. Agradeci aos meus companheiros por todos os momentos juntos, de treinamentos a jogos, a concentrações, a viagens, a conquistas e até a derrotas. Torço muito por eles”, discursou Neymar.Em seu adeus, o astro ainda falava muito do Santos e pouco do novo clube. “Ainda não sei quando vou viajar a Barcelona. Vou ver isso direitinho”, explicou, sem antecipar emoções. “Vamos ver como será quando eu chegar lá e vestir a camisa.”

Vídeo: Neymar chora ao se despedir de companheiros no vestiário

Vídeo: Neymar se despede de amigos no CT Rei Pelé: “Eu vou mas eu volto”

Vídeo: #ObrigadoNeymar – Santos faz vídeo em homenagem a Neymar, que está de saída.
O clube reuniu imagens de diversas época da vida do camisa 11, desde os primeiros gols no futsal até o nascimento do seu filho, Davi Lucca

Neymar despede-se de torcida santista no Facebook

Craque narrou carta de despedida, veja no vídeo abaixo

“Galera !! Tô aqui reunido com amigos e familiares e eles me ajudaram a escrever algumas coisas aqui… É que não vou aguentar até segunda-feira… Minha família e meus amigos já sabem a minha decisão. Segunda-feira assino contrato com o Barcelona. Quero agradecer aos torcedores do Santos por esses 9 anos incríveis. Meu sentimento pelo clube e pela torcida nunca mudará. É eterno !! Só um clube como o Santos FC poderia me proporcionar tudo o que vivi dentro e fora de campo. Sou grato a maravilhosa torcida do peixe que me apoiou mesmo nos momentos mais difíceis. Títulos, gols, dribles, comemorações e as canções que a torcida criou pra mim estarão pra sempre em meu coração… Fiz questão de jogar a partida amanhã em Brasília. Quero ter a oportunidade de mais uma vez entrar em campo com o ‘manto’ e ouvir a torcida gritar meu nome… como diz o hino, ‘é um orgulho que nem todos podem ter…’ É um momento diferente pra mim, triste (despedida) e alegre (novo desafio). Que Deus me abençoe nas minhas escolhas… E estarei sempre em Santos !! #Toiss”