Em razão de problemas econômicos, o Santos disputou torneio quadrangular na cidade de Concepción, a 500 km ao sul de Santiago, capital do Chile, durante o carnaval. A equipe participou desses jogos a convite da Sociedade Chilena de Ajuda à Criança Hemofílica e aproveitou as partidas como treinamento para o Campeonato Paulista.

A cota de 60 mil dólares valeu o desgaste do grupo que desembarcou em São Paulo e viajou direto para Ribeirão Preto, para a estreia diante do Botafogo-SP.

Participaram da competição as equipes chilenas do Deportivo Concepción, Fernández Vial e Lota Schager. A final seria dia 09/07.

O Santos jogaria mais duas vezes no Chile: sábado, 11/02, em Viña del Mar contra o Everton e dia 15/02 em Santiago contra a Universidad de Chile. Esta última poartida acabou não sendo realizada.

Além disso o técnico Marinho Peres abandonou a equipe durante a excursão após convite do Belenenses de Portugal. Pesou a questão financeira para o treinador, que levou contigo o preparador físico Gilberto Tim.

Resultados:

07/02/1989 – Santos 1 x 1 Fernández Vial-CHI – Amistoso – Collao, Concepción
09/02/1989 – Santos 1 x 0 Deportivo Concepción-CHI – Amistoso – Collao, Concepción
11/02/1989 – Santos 0 x 1 Everton-CHI – Amistoso – Sausalito, Viña del Mar



Fonte: Jornal Folha de SP