Santos 1 x 0 Francana

Data: 28/09/1978
Competição: Campeonato Paulista – 1º turno – 10ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 21.173 pessoas (19.924 pagantes e 1.279 menores)
Renda: Cr$ 647.280,00
Árbitro: José de Assis Aragão.
Cartão vermelho: Delém (F).
Gol: João Paulo (44-1).

SANTOS
Vitor; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Fausto e Fernando; Clodoaldo, Ailton Lira e Pita; Nilton Batata, Juary e João Paulo.
Técnico: Chico Formiga

FRANCANA
Tonho; Gasparzinho, Silva, Zé Mauro e Claudio; Reinaldo, Foguinho e Marinho; Antenor, Alcindo (Delém) e Jurandi (Assis).
Técnico: Daltro Menezes



Santos vence Francana e é líder

O Santos venceu a Francana ontem a noite na Vila Belmiro e por 1 a 0 e reassumiu a liderança do Grupo B, agora com 15 pontos, um a mais que a Ponte Preta que passou assim para o segundo posto. Mas se o Santos, além da vitória, mostrou um excelente futebol.

Durante os dias que antecederam o jogo contra a Francana, o técnico Formiga não escondia que o principal problema que esperava era um adversário jogando retrancado na defesa. Enganou-se completamente, pois se o seu time foi ofensivo durante todo o tempo, a Francana, por seu lado, respondia cada ataque com jogadas perigosas, a maioria pela esquerda onde o ponta Jurandi vencia sempre o lateral direito Nelson.

Mas o Santos estava em noite de gala. Principalmente seus pontas e Ailton Lira que criava jogada em cima de jogada para Juary, João Paulo e Nilton Batata. E foi de uma jogada sua que surgiu o primeiro grande momento de perigo para Francana. João Paulo recebeu de Ailton Lira e bateu de primeira, a bola bateu no travessão de Tonho, quicou na risca do gol e foi afastada por Zé Mauro.

As jogadas perigosas do Santos se sucediam vertiginosamente, mas a Francana, mostrando um excelente preparo físico, partia para os contra-ataques com cada vez mais perigo. Aos 20 minutos, por causa da disposição da Francana nos contra-ataques, o Santos já não dominava tanto, apesar de apresentar sempre o maior volume de jogo.

A equipe de Franca resistiu até os 44 minutos, quando João Paulo, de cabeça, fez o seu oitavo gol no Campeonato Paulista. Lira entrou tabelando com Juary, a defesa se descuidou, João Paulo entrou pela esquerda, Lira levantou para ele, na boca do gol, tocar de cabeça sem defesa para Tonho.

O Santos dominou e lutou muito ainda por todo o segundo tempo mas não conseguiu ampliar o marcador, que a Francana manteve, até com violência, certas vezes.