Santos 0 x 1 Bahia

Data: 28/10/2000, sábado, 18h00.
Competição: Copa João Havelange (Campeonato Brasileiro) – Módulo Azul – 1ª Fase – 19ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 5.493 pagantes
Renda: R$ 47.430,00
Árbitro: Leonardo Gaciba
Cartão vermelho: Edmundo (S)
Gol: Jorge Vágner (38-2, de pênalti).

SANTOS
Carlos Germano; Michel, André Luis (Preto), Claudiomiro e Léo; Anderson Luiz (Julio Cesar), Rincón, Valdo (Renato) e Robert; Edmundo e Dodô.
Técnico: Carlos Alberto Parreira

BAHIA
Emerson; Felipe Alvim, Jean, Maurício e Jeferson; Reginaldo, Vágner, Jorge Vágner e Iranildo; Jajá e Nonato (Dedé).
Técnico: Evaristo de Macedo



Parreira estréia no Santos com derrota para o Bahia

Na estréia do novo técnico do Santos, o time da baixada voltou a perder na Copa João Havelange, hoje, na Vila Belmiro, para o Bahia, por 1 a 0.

O Santos chega a sua sexta partida sem vencer e a crise do time se agrava. A classificação do Santos fica ainda mais complicada. O time tem que fazer dez dos 15 pontos que ainda tem a disputar. Já o Bahia respira no torneio e se mantém vivo na disputa pelas 12 vagas para a próxima fase.

A equipe baiana vai para 29 pontos em 19 jogos disputados. O Santos, com o mesmo número de jogos, permanece com 26.

O atacante Edmundo, que não jogou bem, foi o destaque negativo da partida. Após tomar dois cartões amarelos pelo mesmo erro _tentar marcar o gol com a mão_ o jogador foi expulso de campo aos 32min do segundo tempo, deixando o time com um a menos.

O gol do Bahia surgiu aos 37min, em uma cobrança de pênalti. Jorge Wagner cobrou e fez o único gol da partida.

A torcida, no final do jogo, gritava “timinho” e “olé”, a cada toque de bola do time baiano.