Santos 1 x 1 Coritiba

Data: 03/05/2000, quarta-feira, 21h40.
Competição: Copa do Brasil – 3ª fase – Jogo de volta
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 5.672 pagantes
Renda: R$ 30.215,00
Árbitro: Luciano Augusto Almeida (DF).
Cartões amarelos: Flávio e João Santos (C).
Gol: Claudiomiro (29-1) e Marcelo Lepatin (25-2).

CORITIBA
Gilberto; Reginaldo Araújo, Flávio, Léo Devanir, Renatinho; João Santos, Leandro Tavares (Marcelo Lipatin), Ataliba (Luis Carlos), Veiga; Robert (Anderson Cruz) e Marquinhos Cambalhota.
Técnico: Lori Sandri

SANTOS
Carlos Germano; Michel (Anderson Luiz), Claudiomiro, Galván e Rubens Cardoso; Baiano, Rincón, Valdo e Caio (Eduardo Marques); Deivid e Valdir Bigode (Robert).
Técnico: Carlos Alberto Silva



Santos empata com Coritiba e avança

O Santos empatou com o Coritiba por 1 a 1 na Vila Belmiro pela Copa do Brasil e se classificou para as oitavas-de-final.

A equipe santista havia vencido o time paranaense por 1 a 0, na quinta-feira passada.

O jogo começou com as duas equipes mais preocupadas com a marcação. O primeiro tempo só melhorou depois do gol da equipe santista. Aos 29min, em cobrança de falta ensaiada, Claudiomiro abriu o placar.

Aos 38min, Deivid quase ampliou para o Santos. Após receber um passe preciso de Valdo, o atacante (substituto de Dodô) tentou encobrir o goleiro Gilberto. Caio também perdeu uma chance de ampliar a vantagem num chute forte de fora da área, aos 42min.

No segundo tempo, o Santos voltou melhor, mas os atacantes Valdir e Caio não se entendiam e perderam várias oportunidades.

Aos 5min, Valdir, livre de marcação, tentou encobrir o goleiro, mas a bola acabou indo para fora. Aos 20min, Caio recebeu na entrada da área e Gilberto espalmou, cedendo escanteio.

O Coritiba não ameaçava o Santos, até que num contra-ataque aos 25min, o atacante uruguaio Marcelo Lepatim (que tinha acabado de entrar em campo) empatou a partida.

Três minutos depois, o técnico Carlos Alberto Silva tirou Valdir para a entrada de Robert. Aos 39min, Eduardo Marques entrou no lugar de Caio. As mudanças não melhoraram o desempenho do Santos.

No final do jogo, a torcida santista não poupou os jogadores, que tiveram de ouvir vaias e xingamentos.

O time da Vila Belmiro atuou desfalcado do atacante Dodô, que já não havia jogado no último domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Guarani, pelo Campeonato Paulista. As dores no joelho esquerdo não permitiram a presença do atacante que foi substituído por Deivid.

Um exame de ressonância magnética, feito anteontem, mostrou que ele tem uma tendinite. O atacante poderá voltar contra a Lusa, sábado, pelo Paulista.