Portuguesa 1 x 1 Santos

Data: 15/05/1994, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 30ª rodada (última)
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo, SP.
Público: 3.974 pagantes
Renda: CR$ 28.029.500,00
Árbitro: Ulisses Tavares da Silva Filho
Cartão vermelho: Jorginho (P).
Gols: Sinval (16-1) e Demétrios (45-2).

PORTUGUESA
Paulo César; Zé Carlos, Wladimir, Jorginho e Renato Martins; Simão (Marquinhos), Zé Roberto, Caio e Cuca; Maurício e Sinval (Tico).
Técnico: Cassiá

SANTOS
Edinho; Índio, Marcelo Fernandes, Maurício Copertino e Silva; Dinho, Gallo, Ranielli (Demétrios) e Paulinho Kobayashi (Zé Renato); Neizinho e Guga.
Técnico: Serginho Chulapa



Portuguesa e Santos empatam em um gol

A Portuguesa perdeu ontem à tarde, no Canindé, a chance de garantir sua vaga na Copa Bandeirantes, no empate em 1 a 1 com o Santos.

Depois de sair à frente no marcado com Sinval, aos 16min, o time foi surpreendido aos 45min do segundo tempo, com um gol do atacante Demétrios.

Os jogadores da Portuguesa reclamaram do gol, alegando impedimento e, em seguida, o juiz Ulisses Tavares da Silva encerrou o jogo. O árbitro afirmou que foi agredido.

No primeiro tempo, o Santos esteve melhor, dominou o jogo e chegou a criar pelo menos cinco grandes oportunidades de gols.

A Portuguesa, atuando em seu estádio, tinha dificuldades para jogar e não soube se impor.

Na segunda etapa, a Portuguesa encontrou seu melhor jogo e teve tudo para definir a partida. Porém, numa falha no último minuto de jogo, o Santos conseguiu o empate.

O Santos terminou o Campeonato paulista de pontos corridos na 4ª colocação, atrás do trio de ferro. O Palmeiras conquistou o bicampeonato 93-94.

Campanha: 34 PG, 30 J, 11 V, 12 E, 07 D, 37 GP, 34 GC, 03 SG e 57% de aproveitamento.



Fonte: Estadão