Goleiros:
Fábio Costa
Júlio Sérgio
Mateus
Rafael Andrade


Laterais:
Michel
Léo
Reginaldo Araújo
Rubens Cardoso
Neném
Jaílson


Zagueiros:
André Luis
Alex
Preto
Pereira
Narciso
Silvio


Volantes:
Paulo Almeida
Renato
Alexandre
Daniel
Fabiano Genro
Wellington


Meio-campistas:
Diego
Elano
Jerri
Adiel


Atacantes:
Robinho
Nenê
William
Douglas
Júlio César
Val Baiano
Marcelo Peabiru


Técnico:
Emerson Leão



Santos Futebol Clube

Presidente: Marcelo Pirilo Teixeira (2002-2003)
Patrocínio: Bombril
Fornecedor: Umbro

Elenco:

G – Fábio Costa
G – Júlio Sérgio Bertagnoli
G – Mateus Antônio Alves de Andrade
G – Rafael de Andrade Bittencourt Pinheiro

LD – Michel dos Reis Santana
LE – Leonardo Lourenço Bastos (Léo)
LD – Antonio Reginaldo Matias de Araújo
LE – Rubens Vanderlei Tavares Cardoso
LD – Dorismar Felipe de Souza (Neném)
LE – Jaílson Zatta

Z – André Luís Garcia
Z – Alex Rodrigo Dias da Costa
Z – Marcos Antonio Costa (Preto)
Z – Fábio Pereira da Cruz
Z – Narciso dos Santos
Z – Silvio (jogou contra o Flu em 23/11)

V – Paulo Almeida Santos
V – Renato Dirnei Florêncio
V – Alexandre Alves da Silva
V – Daniel Pollo Barion
V, CA – Fabiano Pereira da Costa
V – Wellington Katzor de Oliveira

ME – Diego Ribas da Cunha
MD – Elano Blumer
M – Jerri Ariel Farias Hahn
M, A – Adiel de Oliveira Amorim

A – Róbson de Souza (Robinho)
A, M – Anderson Luiz de Carvalho (Nenê)
CA – William Júnior Salles de Lima
A – Douglas Freitas Cardozo Rodrigues
A – Júlio César Antônio de Souza
A – Osvaldo Félix Souza (Val Baiano)
A – Marcelo Tolomeotti (Marcelo Peabiru)
A – Bruno Moraes

T – Emerson Leão



Quem chegou: Rubens Cardoso (retorno do Palmeiras), Neném (LD, Palmeiras), Val Baiano (A, Paranavaí) e Marcelo Peabiru (A, Adap).

Quem saiu: Ricardo Oliveira (Valencia-ESP), Nenê (Mallorca-ESP), Michel (Goiás)

Time-base: Fábio Costa; Reginaldo Araújo, André Luís, Alex e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano e Diego; Robinho e Fabiano.



Histórico:

Em 18/08 o atacante Nenê, que defendia o Santos, se apresenta hoje ao clube espanhol Mallorca, campeão da Copa do Rei-2003, que o contratou por US$ 4 milhões (cerca de R$ 12 milhões). O Santos não recebeu nada pela transação porque não tinha participação nos direitos do atleta e havia uma cláusula do contrato, que se encerraria no final do ano, que previa a liberação na hipótese de haver proposta do exterior.

Em 16/12 o “atacante” Fabiano deixa o Santos e acerta com o Albacete, da Espanha. Ele é o terceiro atleta neste ano a sair do Santos e se transferir para o futebol espanhol. Durante o Brasileiro, o clube perdeu os atacantes Ricardo Oliveira (foi para o Valencia) e Nenê (que atualmente defende o Mallorca).