Goleiros:
Vanderlei
Vladimir
João Paulo
John


Laterais:
Daniel Guedes
Dodô
Victor Ferraz
Emerson


Zagueiros:
David Braz
Lucas Veríssimo
Luiz Felipe
Gustavo Henrique
Robson Bambu
Matheus Guedes
Kaique Rocha


Volantes:
Alison
Renato
Guilherme Nunes
Yuri
Yan
Carlos Sánchez


Meias:
Emiliano Vecchio
Vitor Bueno
Jean Mota
Léo Cittadini
Diogo Vitor
Diego Pituca
Gabriel Calabres
Lucas Lourenço
Victor Yan
Bryan Ruiz
Anderson Ceará


Atacantes:
Bruno Henrique
Gabriel
Eduardo Sasha
Rodrygo
Arthur Gomes
Copete
Yuri Alberto
Derlis González
Felippe Cardoso
Kaio Jorge


Técnicos:
Jair Ventura
Cuca



Santos Futebol Clube

– Presidente: José Carlos Peres (2018-2020)
– Patrocínio: Caixa (master), Philco (costas), Algar (barra traseira), Unicesumar (calção) e Orthopride (número).
– Fornecedor: Umbro

Elenco:

G – Vanderlei Farias da Silva
G – Vladimir Orlando Cardoso de Araújo Filho
G – João Paulo Silva Martins
G – John Victor Maciel Furtado

LD – Daniel Guedes da Silva
LE – José Rodolfo Pires Ribeiro (Dodô)
LD – Victor Ferraz Macedo
LE – Wanderson de Jesus Martins (Caju)
LE – Emerson Barbosa Rodrigues dos Santos

Z – David Braz de Oliveira Filho
Z – Lucas Veríssimo da Silva
Z – Luiz Felipe do Nascimento dos Santos
Z – Gustavo Henrique Vernes
Z – Robson Alves de Barros (Robson Bambu)
Z – Matheus Gabriel Guedes Caetano
Z – Kaique Rocha Lima

V – Alison Lopes Ferreira
V – Renato Dirnei Florêncio
V – Guilherme Nunes da Silva
V – Yuri Oliveira Lima
V – Yan Oliveira Lima
V – Carlos Andrés Sánchez Arcosa

M – Emiliano Gabriel Vecchio
M – Vitor Frezarin Bueno
M – Jean Mota Oliveira de Souza
M – Leonardo Cittadini (Léo Cittadini)
M – Diogo Vitor da Cruz
M – Diego Cristiano Evaristo (Diego Pituca)
M – Gabriel Calabrês Nunes
M – Lucas Lourenço Andrade
M – Victor Yan Souza Santos
M,A – Bryan Jafet Ruiz González
MA – Francisco Anderson de Jesus dos Santos (Anderson Ceará)

A – Bruno Henrique Pinto
CA – Gabriel Barbosa Almeida
A – Eduardo Colcenti Antunes (Eduardo Sasha)
A – Rodrygo Silva de Goes
A – Arthur Gomes Lourenço
A – Jonathan Copete
A – Yuri Alberto Monteiro da Silva
A,M – Derlis Alberto González Galeano
CA – Wanderson Felippe Cardoso dos Santos
A – Kaio Jorge Pinto Ramos

T – Jair Zaksauskas Ribeiro Ventura / T – Alexi Stival (Cuca)
AT – Sérgio Bernardino (Serginho Chulapa) (interino)



Empréstimos:

– Quem saiu: Cleber (Z, Paraná), Rodrigão (CA, Avaí), Leandro Donizete (V, América-MG), Rafael Longuine (MA, Guarani), Caju (LE, Apoel-CYP), Vitor Bueno (M, Dínamo de Kiev-UCR), David Braz (Z, Sivasspor-TUR) e Emiliano Vecchio (M, Shabab Al Ahli-EAU).

– Quem chegou: Derlis González (A, Dínamo de Kiev-UCR)


Transferências:

– Quem saiu: Zeca (LE, Internacional)

– Quem chegou: Eduardo Sasha (A, Internacional), Bryan Ruiz (MA, ex-Sporting-POR), Carlos Sánchez (V, Monterrey-MEX) e Felippe Cardoso (CA, Ponte Preta).



Histórico:

O volante Leandro Donizete, de 35 anos, foi emprestado ao América-MG até o final de 2018, com o Santos arcando com 50% de seus salários.

Eduardo Sasha do Internacional chegou ao Peixe em janeiro com empréstimo por uma temporada. O atacante destacou-se, tornando-se o artilheiro da equipe na temporada e então surgiu a possibilidade de envolvê-lo na negociação com lateral esquerdo Zeca, que estava em imbróglio jurídico com o Peixe. Zeca retirou a ação que movia contra o Santos e o negócio foi fechado.

O Guarani acertou a contratação de Rafael Longuine, do Santos, por empréstimo até o fim de 2018. Depois de semanas de negociações, o Peixe aceitou pagar mais do que a metade do salário do meia para liberá-lo.

Flagrado em exame antidoping por conta de uma substância presente na cocaína, o atacante Diogo Vitor, do Santos, foi suspenso preventivamente em 08/05 pela Associação Brasileira de Controle de Dopagem e não pode defender o clube até ser julgado.

Caju assinou em 21/05 o contrato de empréstimo com o Apoel, do Chipre. O Santos cedeu o lateral-esquerdo por um ano, com valor de compra fixado em 1,5 milhão de euros (R$ 6,6 milhões) e 10% de uma futura venda caso o clube compre-o. Salários 100% pagos pelos europeus.

Em 11/07 o Santos anunciou o meia Bryan Ruiz, camisa 10 da Costa Rica, que assinou vínculo por duas temporadas. O jogador costarriquenho de 32 anos defendeu pelas últimas três temporadas o Sporting, de Portugal, e ficou livre no mercado.

O técnico Jair Ventura foi demitido em 23/07, após a parada para Copa do Mundo, o que rendeu muitas críticas à diretoria devido ao mês perdido para treinamentos com um novo treinador. O técnico deixa o clube após quase sete meses e aproveitamento de 44,4%, com 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas.

No mesmo dia foi anunciada a contratação junto ao Monterrey, do México, do volante uruguaio Carlos “Pato” Sánchez, que também disputou a Copa do Mundo na Rússia. O jogador de 33 anos assinou por três temporadas.

Em 30/07 foi anunciada a chegada do técnico Cuca. No dia seguinte foi acertada a troca entre o Santos e o Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Um empréstimo por duas temporadas onde foi o meia Vitor Bueno e chegou o atacante paraguaio Derlis González, de 24 anos.

Em 04/08 o Santos aceitou a proposta do Sivasspor por David Braz. O zagueiro será cedido por empréstimo gratuito de um ano, com valor de compra fixado em R$ 6 milhões e salários pagos pelo clube turco. Ele renovará por mais um ano com o Peixe. O novo vínculo será até o fim de 2020.

Em 14/08 o Santos acertou o empréstimo de Emiliano Vecchio ao Shabab Al Ahli, de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Os clubes chegaram ao acerto por um ano, com opção de compra em 2 milhões de euros (R$ 8,7 mi). O atual contrato, até 31/12/2019, deve ser renovado.

A pedido de Cuca, o Santos contratou em 04/09 do atacante Felippe Cardoso. O jogador foi registrado pelo Santos com um contrato de empréstimo válido até o final desta temporada. O clube da Vila Belmiro pagará R$ 3 milhões parcelados por 60% dos direitos econômicos até janeiro. Quando o valor for quitado, o vínculo de Felippe Cardoso se tornará definitivo – com prazo de cinco anos.