O técnico Dorival Júnior será o substituto de Vanderlei Luxemburgo no comando do Santos. O treinador, que levou o Vasco de volta à Série A do Campeonato Brasileiro, vai assinar um contrato de dois anos com o time da Baixada, que só será registrado após o dia 15 de janeiro, data em que o presidente Luis Álvaro tomará posse.

De acordo com uma fonte que não quis ser identificada, o treinador assinou nesta quinta-feira uma carta de intenção e confirmou o que já era esperado pela torcida santista, já que o próprio treinador havia dito que estava quase tudo certo para sua chegada à cidade praiana.

Antes de desembarcar em Santos, Dorival já passou por alguns clubes brasileiros. O treinador iniciou sua carreira à beira do gramado sob o comando do Figueirense, passando por Fortaleza, Criciúma, Juventude, Sport, Avaí, São Caetano, Cruzeiro, Coritiba e Vasco.

O Santos acerta com Dorival depois de confirmar a saída de Luxemburgo. O treinador deixou o clube por conta da derrota de Marcelo Teixeira nas eleições presidenciais. Assim, o próprio Luxemburgo havia dito que não permaneceria caso a situação perdesse o pleito.