Santos 3 x 4 Goiás

Data: 31/03/1999, quarta-feira, 21h40.
Competição: Copa do Brasil – 2ª fase – Jogo de volta
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 4.109 pagantes
Renda: R$ 32.675,00
Árbitro: Fabiano Gonçalves
Gols: Rodrigão (40-1) e Araújo (42-1); Rodrigão (03-2), Aloísio (17-2), Marcos Assunção (19-2), Aloísio (24-2) e Araújo (44-2).

SANTOS
Zetti; Michel (Valdir), Andrei, Argel e Gustavo Nery; Marcos Assunção, Marcos Bazílio, Eduardo Marques (Lúcio) e Jorginho; Rodrigo Fabri e Rodrigão.
Técnico: Emerson Leão

GOIÁS
Marcos; Borges Neto (Juninho), Sílvio Criciúma, Álvaro e Marquinhos; Júlio César (Maezono), Marabá, Josué e Fernandão (Alex Dias); Araújo e Aloísio.
Técnico: Hélio dos Anjos



Santos é eliminado da Copa do Brasil

O Santos foi eliminado da Copa do Brasil ontem ao perder para o Goiás, na Vila Belmiro, por 4 a 3.

O Goiás vai enfrentar agora o Vasco. A primeira partida está marcada para o próximo dia 8, em Goiânia.

O Santos, que havia vencido o jogo de ida por 2 a 1, teve cinco desfalques no confronto de ontem -Viola, Claudiomiro, Caíco (machucados), Alessandro (na seleção) e Narciso (que já atuou na Copa do Brasil pelo Flamengo).

As ausências fizeram a equipe santista sentir a falta de entrosamento, prejudicando a eficiência de seu ataque.

O primeiro gol santista foi marcado apenas aos 40min do primeiro tempo, com Rodrigão, de cabeça, completando cruzamento da esquerda de Jorginho.
Dois minutos depois, o Goiás empatou em bonita jogada de Araújo, que entrou driblando na área santista. Na segunda etapa, o Santos mudou: Leão colocou Lúcio no lugar de Eduardo Marques para melhorar a armação de jogadas.

O jogo ficou mais aberto, e, logo aos 3min, Rodrigão deixou o Santos novamente em vantagem.

O Goiás voltou a empatar. Aos 17min, Araújo foi derrubado na área, originando pênalti convertido por Aloísio. Mas, logo na sequência, Marcos Assunção marcou de falta.

A vantagem, no entanto, durou pouco. Aos 23min, Araújo cruzou da esquerda, e a bola sobrou para Aloísio completar para o gol e empatar novamente.

Aos 44min, o Goiás conseguiu o gol que garantiu sua classificação na Copa do Brasil. Aloísio entrou na área e chutou forte, Zetti falhou, e Araújo, no rebote, completou para as redes.

Paulista-99

Marcada inicialmente para o domingo, a partida do Santos contra a Inter de Limeira, pelo Campeonato Paulista, foi antecipada para o sábado à tarde, na Vila Belmiro.

A FPF (Federação Paulista de Futebol) atendeu a um pedido feito pela diretoria santista, que pretende liberar a equipe para a folga de Páscoa.



Santos joga na Copa do Brasil temendo a violência do Goiás (Em 31/03/1999)

Jogadores do Santos temem hoje, contra o Goiás, a violência, no confronto pela Copa do Brasil, no estádio da Vila Belmiro.

Em Goiânia, o Santos venceu por 2 a 1. Por isso, joga por um empate. Caso se classifique, enfrentará o Vasco na próxima fase.

As queixas dos santistas, que foram os mais violentos do Rio-São Paulo (33,4 faltas por jogo) e são os terceiros em violência no Paulista (27,8 faltas por jogo), se concentram sobre o volante Túlio. Para o meia Jorginho, ele atuou com deslealdade no jogo de ida.

“Em mim, ele deu um pontapé. No Lúcio, que tinha acabado de entrar, deu carrinho que poderia quebrar a perna. O Claudiomiro também estava bravo com ele.”

O goleiro Zetti concordou. Segundo ele, o jogador do Goiás “ficou marcado” pelos santistas desde a Copa do Brasil de 98, quando teria dado soco no lateral Dutra.

O técnico Emerson Leão disse que Túlio “se entusiasmou”, porque houve complacência do juiz Wilson de Souza Mendonça (PE).

“A violência de qualquer equipe fica a critério do árbitro. Lá, eles estavam perdendo de 2 a 0. Então, talvez, ele (Túlio) tenha se entusiasmado um pouco. Mas o juiz viu e não fez nada”, declarou Leão.

O Santos atuará sem cinco titulares -Viola, Claudiomiro, Caíco (machucados), Alessandro (na seleção) e Narciso, que já atuou na Copa do Brasil pelo Flamengo. Para a vaga de Narciso, Leão escalou o volante Marcos Bazílio.

O Goiás está em crise após a derrota por 5 a 3, para o Vila Nova. O técnico Hélio dos Anjos vai substituir o goleiro Adnan, que levou gol do meio-de-campo de Marcos. O zagueiro Álvaro deve entrar no lugar de Sílvio Criciúma.