Santos 2 x 1 Corinthians

Data: 22/03/1984, quinta-feira, 15h30.
Competição: XVI Taça São Paulo de Futebol Júnior – Final
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo, SP.
Árbitro: José de Assis Aragão
Cartões amarelos: Brandão (C); Pedro Paulo, Mário e Mauro (S).
Gols: Gérson (18-1), Rogério (32-1) e Flávio (44-2).

SANTOS
Nílton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mário; Mazinho Oliveira, Enéas e Édson; Mauro, Gérson e Guinho (Rogério).
Técnico: Ernesto Marques

CORINTHIANS
Alexandre; Éder (Ferrari), Marcelo, Pinela e Brandão; Moisés, Careca e Edmundo; Aguinaldo, Carioca (Valtinho) e Rogério.
Técnico: Écio Pasca



Meninos do Santos conquistam o título inédito da Taça São Paulo de Futebol Júnior

Conhecida por revelar jogadores, a Copa São Paulo de Futebol Júnior traça destinos diferentes aos atletas que sonham com gols e títulos no time profissional.

Em 1984, os times chegaram à final da competição com jogadores promissores no elenco. Pelo lado santista, o atacante Gérson e o volante César Sampaio, que viu a vitória do Santos por 2 a 1 do banco de reservas tiveram carreiras vitoriosas. Outros poucos vingaram. Foi o caso do goleiro Nílton, dos zagueiros Pedro Paulo e Flávio, além do ponta Paulo Leme, que, suspenso, não disputou a final. “Depois joguei no Paulista de 1986, quando vencemos o primeiro turno”, lembra. Paulo também esteve no Náutico e no Palestra de São Bernardo.

O jogo

Corinthians e Santos decidiram a Copinha de 1984 no dia 22 de janeiro, com mais de 20 mil torcedores nas arquibancadas do Canindé. Para chegar à final, o time santista eliminou o Cruzeiro, a Ponte Preta e o Nacional. Já a equipe corintiana venceu Botafogo, Flamengo e São Paulo. Na equipe são-paulina, jogavam Müller e Silas. No Flamengo, o goleiro Zé Carlos e o zagueiro Aldair.

O Corinthians da final jogou no 4-3-3. Sob o comando de Écio Pasca, treinador da Portuguesa de Dener no título da Copinha de 1991, o time sofreu o primeiro gol aos 18 minutos do primeiro tempo. Gérson, que depois defendeu Atlético-MG e Internacional – falecido em 1994, completou para o gol após falta batida pela direita. O corintiano Rogério, na entrada da área, empatou 14 minutos depois.

De acordo com Écio Pasca, o time alvinegro, que buscava o terceiro título do torneio, acabou prejudicado pelo árbitro José de Assis Aragão no último lance do jogo, quando o Santos conseguiu desempatar a partida. “O jogo ia para a prorrogação. A bola bateu no Gérson e saiu pela linha de fundo, mas o Aragão marcou escanteio”, disse.

Após a cobrança, Flávio subiu e fez 2 a 1 para o Santos, que conquistou a Copa São Paulo pela primeira vez. “Eu estava marcando o outro zagueiro, o Pedro Paulo. O Flávio cabeceou forte e o Alexandre não conseguiu defender”, lembra Pinella.

Ao término da partida, coube a Aguinaldo voltar ao campo e buscar o troféu do vice-campeonato do Corinthians. “Todo mundo foi embora chorando e esqueceu da taça”, disse.

Pouco mais de dez meses depois, o Santos voltou a vencer o Corinthians, dessa vez no Campeonato Paulista profissional. Serginho Chulapa marcou o gol do título santista e evitou o tricampeonato corintiano.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos e Corinthians disputaram a taça palmo a palmo.



Campanha:

05 jogos
04 vitórias
01 empate
00 derrotas
09 gols pró
03 gols contra
06 saldo

Artilheiros do Santos:

03 gols – Mauro
02 gols – Gérson e Paulo Leme
01 gol – Flávio e Pedro Paulo

Artilheiros da competição: 03 gols – Mauro (Santos), Joel (Ponte Preta) e Caio (Grêmio).

Colocação final: Santos (campeão), Corinthians (vice), São Paulo (3º) e Nacional (4º).

Fichas técnicas:

12/01/1984 – Santos 3 x 0 Matsubara-PR
Data: 12/01/1984, quinta-feira, 16h00.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Grupo E – 1ª rodada
Local: Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, o Baetão, em São Bernardo, SP.
Gols: Gérson, Mauro e Paulo Leme.



Santos 2 x 1 Cruzeiro
Data: 14/01/1984, sábado.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Grupo E – 2ª rodada (última)
Local: Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, o Baetão, em São Bernardo, SP.
Árbitro: David Aleixo
Gols: Mauro (13-1); Mauro (05-2) e Julinho (37-2, de pênalti).

SANTOS
Nílton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mauro (Biro); Enéas, Mazinho Oliveira e Edson; Mauro, Gérson e Paulo.

CRUZEIRO
Gilmar; Ronaldo, Mantena, Vilmar e Ismar; Maxwell, Julinho e Altair (Murilo); Zezé (Rogério), Zé Luís e Marcos.



Santos 0 x 0 Ponte Preta – 5 x 4 nos pênaltis

Data: 17/01/1984, terça-feira, 20h30.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Quartas de final
Local: Estádio Baetão, em São Bernardo, SP.



Nacional-SP 1 x 2 Santos

Data: 19/01/1984, quinta-feira, 16h00.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Semifinal
Local: Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, SP.
Árbitro: Edgar de Lemos Dias
Gols: Paulo Leme (44-1); Ditinho (05-2) e Pedro Paulo (27-2).

NACIONAL-SP
Borracha; Roni (Edilson), Wladimir, Julio César e Arnaldo; Djalma (Batata), Paulinho e Luciano; Ditinho, Ronaldo e Zé Roberto.

SANTOS
Nílton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mário; Mazinho Oliveira, Luís Claudio e Edson; Mauro, Gérson (Silvinho) e Paulo Leme.