Santos 1 x 1 Goiás

Data: 19/08/1995, sábado, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – 1º turno – 1ª rodada – Grupo B
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 3.730 pagantes
Renda: R$ 39.855,00
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça (PE).
Cartões amarelos: Ronaldo Marconato, Gallo e Giovanni (S). Ildo, Zé Teodoro, Romeu e Reidner (G).
Cartões vermelhos: Narciso (S) e Márcio Goiano (G).
Gols: Giovanni (09-2) e Márcio Goiano (14-2).

SANTOS
Edinho; Marquinhos Capixaba, Cerezo, Narciso e Marcos Paulo (Ronaldo Marconato); Gallo, Carlinhos, Giovanni e Marcelo Passos (Robert); Jamelli e Macedo (Camanducaia).
Técnico: Joãozinho Rosa

GOIÁS
Clêmer; Zé Teodoro, Márcio Goiano, Ildo e Augusto; Reidner (Edson Pezinho), Guarã, Sandoval e Wallace Batistinha (Romeu); Guará e João Paulo (Richard).
Técnico: Hélio dos Anjos



Santos e Goiás empatam em jogo com três expulsos

Numa partida violenta, Santos e Goiás empataram ontem à tarde em 1 a 1 na Vila Belmiro. Os gols, de Giovanni, e do zagueiro goiano Márcio, foram marcados no segundo tempo.

Márcio, o volante Guará, do Goiás, e Narciso, do Santos, foram expulsos. Após os 30min do segundo tempo, a torcida do Santos vaiou o time e a diretoria.

No primeiro tempo, o Santos dominou o Goiás, que montou recentemente a equipe. Segundo o Datafolha, o time da casa teve 66% de posse de bola e finalizou 13 vezes.

A única grande chance foi do Santos. Aos 38min, após cobrança de falta da direita, o zagueiro Cerezo e, em seguida, o lateral Marquinhos, cabecearam na trave.

No segundo tempo, o jogo teve mais emoção. Aos 9min, o juiz não marcou uma falta sobre o goiano João Paulo quase na área do Santos. No contra-ataque santista, Márcio falhou e Giovanni marcou de cabeça. Aos 10min, Guará atingiu Giovanni por trás e foi expulso.

Quando o Santos parecia ter o jogo sob controle, teve um jogador expulso (Narciso, por falta violenta) e sofreu um gol -Márcio, aos 14min, subiu com Giovanni e fez de cabeça.

Aos 20min, o zagueiro goiano chutou Jamelli por trás, sem bola, e foi expulso. Mas mesmo com um jogador a menos, o Goiás equilibrou o jogo e teve duas chances de marcar.



Santos ignora reforços esta tarde contra Goiás ( Em 19/08/1995 )

O Santos estréia hoje no Campeonato Brasileiro contra o Goiás, às 16h, na Vila Belmiro, praticamente com o mesmo time do Campeonato Paulista.

Sem a contratação de um zagueiro e de um centroavante, reivindicadas pelo técnico Joãozinho, a equipe aposta no otimismo.

A única estréia é a do jogador Marquinhos Capixaba, ex-Ferroviária, na lateral direita.

Pintado, Ronaldo Marconato e Robert, também contratados para o Brasileiro, ficam no banco de reservas por não estarem bem fisicamente.

“Temos de estar conscientes das possibilidades. Conhecemos nossas limitações, mas estamos otimistas”, disse Joãozinho.

O técnico disse que a pré-temporada em Bebedouro (interior paulista) foi boa para preparar fisicamente os jogadores. Tecnicamente, pouco foi feito.

“Dei prioridade ao condicionamento físico. As táticas foram treinadas para recepcionar os recém-contratados”, afirmou.

Na volta a Santos, o técnico praticamente não teve condições de observar os jogadores. Os dois treinos com bola foram suspensos devido ao mau tempo.

“Sabemos que esta fase não será fácil”, disse Joãozinho.

O treinador considera Flamengo, Corinthians, Grêmio, Palmeiras e São Paulo favoritos ao título. “O Santos é um time novo, que poderá chegar ao quadrangular decisivo”, afirmou.

Joãozinho disse aguardar ainda a contratação de pelo menos um zagueiro nos próximos dias. “A direção me prometeu uma decisão. Espero ser atendido.”

Marquinhos Capixaba quer gol na estréia

O lateral-direito Marquinhos Capixaba é o único recém-contratado do Santos que estréia hoje no Campeonato Brasileiro, contra o Goiás.

“Estou louco de vontade de jogar e de dar ao Santos o título de campeão do brasileiro deste ano”, afirmou.

Marquinhos, 30, não está ainda completamente adaptado ao clima da cidade santista. “Como chove nessa cidade! Mas sábado (hoje), com a estréia do craque (ele próprio), vai fazer sol”, disse, brincando. Bem-humorado, ele distribuiu vários autógrafos aos torcedores que foram até a Vila Belmiro.

Sobre o jogo de hoje, Marquinhos disse que o técnico Joãozinho pediu para ele marcar de perto o atacante João Paulo (ex-Guarani e Ponte Preta).

“Estou muito bem preparado para correr os 90 minutos e farei o máximo para defender bem o time. Espero conseguir fazer um gol já na estréia.”, afirmou.

Marquinhos veio da Ferroviária-SP e está emprestado ao Santos até o final do ano. No ano passado, ele foi vice-campeão da Série C do Brasileiro pela Ferroviária.

O meia-atacante Giovanni, principal jogador da equipe, sofreu entorse no pé durante o treino físico de ontem, mas foi confirmado para o jogo pelos médicos.

“Estou bem fisicamente e vou fazer o máximo para ter o melhor desempenho possível durante o campeonato”, disse Giovanni.

O jogador terá a missão de atuar próximo à área e tentar as finalizações.

“Como não foi contratado nenhum centroavante, garanti ao Joãozinho (técnico) que posso desempenhar bem a função e garantir um bom resultado para o Santos.”