Derrota por 2 a 1 para o Sport foi a última partida do treinador à frente do Peixe, que termina o Brasileirão na décima colocação, com 50 pontos; confira a coletiva de Cuca

Cuca se despediu do comando do Santos com uma derrota para o Sport por 2 a 1, na Ilha do Retiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. Após a partida, o treinador se demonstrou aliviado com a campanha do Peixe, avaliou sua passagem como ‘positiva’ e desejou sorte ao futuro comandante do clube.

– Chegar na última rodada como hoje, é positivo. Se tivéssemos hoje como Fluminense, Chapecoense e Sport, é difícil. Dois anos, um para lutar e outro para voltar em uma partida. Em geral, foi trabalho bom e desejo toda sorte a quem vier no meu lugar – disse o treinador.

Em Recife, o Santos teve mais um desempenho ruim nesta reta final de Brasileirão e viu uma clara superioridade dos anfitriões durante os 90 minutos. Para Cuca, o resultado mais justo teria sido um empate.

– Controlamos bem o jogo, com posse de bola e seis conclusões a um no primeiro tempo. Perdemos a chance do gol, e o jogo é assim, uma bola, torcida pressionando, e aconteceu aos 40 pela nossa lateral, quando demoramos para fazer a cobertura e um belo gol do Rogério. Gol que decretou o início da vitória. De repente, o empate era mais justo – relatou Cuca, acrescentando:

– Não foi o resultado esperado, mas agora é para o Santos se preparar e fazer um 2019 melhor. Para o Sport, fica o desejo de boa sorte e que volte ainda mais fortalecido em 2020.

Cuca assumiu o Peixe no fim de julho, com o clube beirando a zona de rebaixamento. Desde então, sua equipe engatou uma ótima sequência na competição e brigou por uma vaga na Libertadores até as últimas rodadas, momento em que o Santos caiu de rendimento e acabou terminando o Brasileirão na décima colocação, com 50 pontos. Ao todo, foram 27 jogos, com dez vitórias, nove empates e oito derrotas.