Goleiros:
Rodolfo Rodríguez
Marolla
Nilton
Raul


Laterais:
Paulo Róbson
Jaime Boni
Paulo Roberto
Nena
Amauri
Quirino


Zagueiros:
Márcio Rossini
Toninho Carlos
Fernando
Davi
Pedro Paulo
Pagani
Flávio


Meio-campistas:
Dema
Serginho Carioca
Humberto
Lino
Mário Sérgio
Júnior
Paulo Leme
Mazinho Oliveira
Enéas
Vágner


Atacantes:
Lima
Zé Sérgio
Formiga
Gersinho
César
Nunes


Técnico:
Carlos Castilho



Santos Futebol Clube

– Presidente: Milton Teixeira (1984-1986)
– Assessor da Presidência: Odílio Rodrigues
– Patrocínio: Afonso Veículos
– Fornecedor: Adidas

Elenco:

G – Rodolfo Sergio Rodríguez y Rodríguez
G – Fiordemundo Marolla Júnior
G – Nilton Orlando da Costa
G – Raul

LE – Paulo Róbson Góis da Silva
LE – Jaime Boni
LD – Paulo Roberto Curtis Costa
LD – Wilson de Araújo Moreira Júnior (Nena)
LD – Amaury Santos Carvalho (Amauri)
LD – Quirino

ZC – Márcio Antônio Rossini
QZ – Antônio Carlos Correia (Toninho Carlos)
ZC – Fernando César de Matos
QZ – Davi Cortes da Silva
QZ – Pedro Paulo Veríssimo
QZ – Gílson Pagani
Z, LE – Flávio Pacheco

MV – Valdemar Barbosa (Dema)
MV – Sérgio Freire Belo (Serginho Carioca)
MV, MC – Carlos Humberto Suzigan
MC – Mário Sérgio Rodrigues
MC – Joselino Martins de Jesus (Lino)
MC – Paulo Leme
MC, A – Waldemar Aureliano de Oliveira Filho (Mazinho Oliveira)
M – Irineu Parmegiani Júnior
MV – Enéas
M – Vágner

CA – Adesvaldo José de Lima
PE – José Sérgio Presti (Zé Sérgio)
PD, CA – José Maria do Carmo (Formiga)
PD e C – Gérson Luís de Santana (Gersinho)
PE – César
CA – João Batista Nunes de Oliveira

T – Carlos José Castilho

Comissão Técnica: César Franco de Morais (Preparador físico), Beraldo (Preparador físico), Wilson Quiqueto (Preparador de goleiros), Luís Yanagui (Médico)



Quem chegou: Serginho Carioca (V, América-RJ), Formiga (PD, Atlético-MG), Nena (LD, Atlético-MG), Nunes (CA, Náutico)

Quem saiu: Silas (G, Inter de Limeira), Gilberto Costa (V, Inter de Limeira), Gérson (CA, Guarani), Chiquinho (LD, Juventus), Gallo (CA, Corinthians), Serginho Dourado (PD, Ferroviária), Ataliba (PD, Santo André), Gilberto Sorriso (LE, Santo André), Celso (Z, Santo André), Fernando (ZC, Vasco), Marolla (G, Atlético-PR), Formiga (PD, Goiás), Nena (LD, Atlético-MG), Lima (CA, Náutico)

Time-base: Rodolfo Rodríguez; Paulo Roberto, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Paulo Róbson (Jaime Boni); Serginho Carioca, Dema e Humberto; Lino, Lima (Nunes) e Zé Sérgio.





Histórico:

Passando por dificuldades financeiras, o atual campeão (1984) Santos perdeu muita força ofensiva com as vendas de Paulo Isidoro e Serginho Chulapa, para Atlético-MG e Corinthians, respectivamente. Serginho retornou em 86 após temporada digna de esquecimento no rival alvinegro, e declarou ter ido contra a sua vontade, apenas para ajudar o Santos que precisava negociá-lo.

A decepcionante campanha na Taça de Ouro 84 (Campeonato Brasileiro) não tirou a ilusão do técnico Castilho, que acreditava na possibilidade do bicampeonato paulista. Se a equipe estiver iluminada como na temporada passada, o título virá, disse o treinador.

Para tanto o Santos fez uma reformulação no elenco. O volante Serginho Carioca foi o primeiro reforço, chegou por empréstimo de um ano do América-RJ. O goleiro Silas e Gilberto Costa foram para a Inter de Limeira. O lateral direito Chiquinho renovou seu empréstimo, embora tenha disputado o estadual pelo Juventus da Mooca. O centroavante Gallo voltou para o Corinthians. Do Atlético-MG veio o ponta direita Formiga. Já o atacante Gerson, destaque do time campeão da Copa São Paulo em 84, foi emprestado ao Guarani até o final do ano para ganhar mais experiência.

Para o Santo André foram três jogadores do Peixe: o ponta direita Ataliba, o lateral esquerdo Gilberto Sorriso e o zagueiro Celso.

Em 09/05 o Santos trouxe três meses o centroavante Mirandinha, da Portuguesa, para participar da excursão que faria para Ásia e América do Norte, passando pela Indonésia, Japão, EUA e México e conquistando a Copa Kirin. O custo do empréstimo de Mirandinha foi de Cr$ 50 milhões e o passe do atacante estava avaliado em Cr$ 1 bilhão, valor impraticável devido as limitações financeiras do alvinegro.

Além desta excursão o Santos abandonou o Paulistão 85 outras duas vezes. Foi para Itália disputar a Copa Misuna e marcou um amistoso de última hora contra a seleção peruana em La Paz, o que desagradou profundamente os jogadores.

Essas excursões em troca de dólares eram essenciais que o clube tivesse dinheiro para pagar os atletas e funcionários administrativos, mas desgastaram muito os jogadores que chegaram a enfrentar verdadeiras maratonas, como jogar quatro vezes em oito dias em julho. As contusões tornaram-se uma triste rotina e um problema para Castilho.

Atrasos na folha de pagamento também eram frequentes, o que gerava mal estar no elenco. Houve ameaça de greve por parte dos jogadores e o ídolo Rodolfo Rodríguez ameaçou deixar o clube.

Em 28/05, o presidente Milton Teixeira anunciou o empréstimo do goleiro Marolla até o final do ano ao Atlético-PR, que pagará Cr$ 30 milhões. Em 31/07 o ponta Formiga foi vendido ao Goiás.

Com muitos desfalques astilho continuava fazendo improvisações e aproveitando jogadores das equipes inferiores, casos de Amauri, Flávio, Mazinho Oliveira e Quirino.

Em 07/08 o Santos contratou por empréstimo até o final do ano o lateral direito Nena, 22, do Atlético-MG. Nena atuou ano passado pelo América-SP.

Em 08/08 o Santos contratou o centroavante Nunes. O Náutico receberá Cr$ 300 milhões parcelados, ao final do ano cederá o passe do ponta esquerda Marcelo Fernandes, que está atualmente no Santo André) e o empréstimo do centroavante Lima até o final do ano.

Com problemas financeiros, o Santos não teve como pagar o empréstimo de Nena ao Atlético-MG e o jogador foi devolvido em 28/08.

Em 05/11 o Vasco comprou o passe do zagueiro Fernando, do Santos, que estava emprestado até o final do ano. O passe fora fixado em Cr$ 350 milhões mas o Vasco conseguiu um abatimento por antecipar a compra em dois meses e pagou Cr$ 228 milhões.