São esperados hoje na Vila Belmiro aproximadamente 12 mil sócios, que elegerão 180 novos conselheiros e o presidente do Conselho Deliberativo, que será Ernesto Vieira da Silva.

Em assembleia geral no próximo dia 13 de janeiro, os conselheiros levarão Milton Teixeira à presidência do Clube. Milton Teixeira e o seu vice, Fernando Oliva, são candidatos em chapa única.

O primeiro problema enfrentado pelo futuro presidente será superar a grave crise financeira do clube, que acumulou dívidas no ano de 1983 e não conseguiu retorno com o futebol.

A falta de recursos não tira de Milton Teixeira a vontade de formar uma boa equipe. Ele garantiu a que fará a contratação em definitivo de Gersinho, Lino e Paulo Róbson por Cr$ 120 milhões e espera conseguir mais quatro reforços: um ponta esquerda, dois meias e um centroavante. Para tais investimentos o futuro presidente deverá negociar o ponta esquerda João Paulo com o Flamengo.

Embora não queira comentar sobre o assunto, Milton também quer contar com um novo goleiro, e o seu nome preferido seria do uruguaio Rodolfo Rodríguez, titular da seleção uruguaia.