Santos 2 x 2 Peñarol – 2 x 4 nos pênaltis

Data: 07/11/1990, quarta-feira, 21h30.
Competição: Supercopa dos Campeões da Libertadores – 1ª fase – Jogo de volta
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 2.852 pagantes
Renda: Cr$ 1.475.900,00
Árbitro: Ricardo Calabria (ARG).
Cartões amarelos: Camilo e Flavinho (S) e Silvera (P).
Cartões vermelhos: Edu Marangon (S) e Lopez (P).
Pênaltis: Santos: Almir e Flavinho marcaram. O goleiro Alvez defendeu os pênaltis de Derval e Luiz Carlos. Peñarol: Villar, Baran, Da Silva e Montero marcaram.
Gols: Lopez (20-1), Mendonça (36-1) e Mendonça (38-1); Baran (38-2).

SANTOS
Pizelli; Camilo, Pedro Paulo, Luiz Carlos e Flavinho; Derval, Axel e Edu Marangon; Almir, Serginho Chulapa (Zé Humberto) e Mendonça (Sérgio Manoel).
Técnico: Pepe

PEÑAROL
Fernando Alvez; Alfonso Dominguez, Trasante, Paolo Montero e Mendez; Sanchez, Silvero e Rodrigues (Da Silva); Adrian Paz (Baran), Jorge Villar e Lopez.
Técnico: César Luiz Menotti


Após empate em 0 x 0 no Uruguai, o Santos é eliminado nos pênaltis da Supercopa.

Fonte: Jornal Folha de SP