Santos 1 x 1 Botafogo-SP

Data: 27/11/1982, sábado, 21h15.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 16ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 12.867 pagantes
Renda: Cr$ 4.725.100,00
Árbitro: Roberto Nunes Morgado
Cartões amarelos: Maxwell (B) e Toninho (S).
Cartão vermelho: Carlúcio (B, 21-2).
Gols: Paulinho (18-1) e Carlos Roberto (43-1).

SANTOS
Marolla; Toninho Paraná, Joãozinho, Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Luiz Gustavo, Roberto César e Pita; Serginho Dourado, Paulinho Fonseca e Márcio Fernandes.
Técnico: Chico Formiga

BOTAFOGO-SP
Celso Cajuru; Carlúcio, Paulino, Maxwell e Beto; Pedrinho, Vânder e Carlos Roberto; Rinaldo, Anselmo (Maurício) e Paulo Egídio (Sérgio Zaia).
Técnico: Lori Sandri



Santos não consegue superar o trauma

A torcida esperava uma grande exibição, mas o time apenas empatou com o Botafogo

O resultado foi desastroso para o Santos que, agora, passou a contar com 35 pontos na classificação geral do campeonato e esta numa situação difícil para conseguir uma vaga na Taça de Ouro 83. Além da obrigação de vencer os três jogos que lhe faltam (XV de Jaú e Franca na Vila e Guarani em Campinas) o time precisará também torcer para que equipes como Ferroviária e São Bento percam alguns pontos.

Na verdade os dirigentes santistas contam como certa a promessa de Giulite Coutinho, presidente da CBF, em convidar o clube para a vaga aberta com a classificação do Flamengo, devido à sua tradição dentro da Taça de Ouro.

Fonte: Jornal Folha de SP