Santos 3 x 3 Portuguesa

Data: 27/02/1977, domingo, 17h00.
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 52.558 pagantes
Renda: Cr$ 1.091.606,00
Árbitro: José de Assis Aragão
Gols: Enéas (19s-1), Bozó (02-1); Enéas (04-2), Enéas (13-2), Toinzinho (16-2) e Toinzinho (28-2).

SANTOS
Ricardo (Wilson Quiqueto); Léo Paraibano, Aílton Silva (Otávio), Neto e Fernando; Carlos Roberto, Aílton Lira e Toinzinho; Nílton Batata, Totonho e Bozó.
Técnico: Urubatão

PORTUGUESA
Moacir; Marinho, Mendes, Alexandre Pimenta e Bolívar; Badeco e Alexandre Bueno; Antônio Carlos, Enéas, Tata e Valtinho (Esquerdinha).
Técnico: Oto Glória



Empate: o justo resultado do clássico

O Santos teve grandes falhas na defesa, mas o trabalho de Urubatão parece estar dando bons resultados. Oto Glória, por seu lado, deve insistir no quadrado mágico, que ontem não convenceu. A reação da Portuguesa partiu mais em função do bom futebol de Enéas, que marcou três gols e foi o melhor da partida.

Fontes:
Jornal Folha de SP
– Revista Placar, Edição nº 358.