Santos 3 x 0 Mirassol

Data: 19/01/2011 – 19h30
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – 2ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 12.496 torcedores
Renda: R$ 303.905,00
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares: Marcio Luiz Augusto e Marco Antonio Gonzaga da Silva
Cartões amarelos: Magal e Xuxa (M).
Gols: Maikon Leite (27-1); Zé Eduardo (02-2) e Zé Eduardo (30-2).

SANTOS
Rafael; Jonathan (Possebon), Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano; Pará e Elano; Robson (Moisés); Maikon Leite (Keirrison) e Zé Eduardo
Técnico: Adilson Batista

MIRASSOL
Fernando Leal; Samuel (Otacílio), Gustavo, Dezinho e Renato (Diego); Jairo; Magal e Esley; Xuxa; Wellington Amorim e Marcelinho (Leandro Almeida)
Técnico: Ivan Baitello



Dupla reserva de atacantes brilha de novo e Santos vence fácil o Mirassol

Assim como na estreia diante do Linense, Zé Eduardo e Maikon Leite voltaram a comandar um triunfo do Santos. Desta vez, a vítima foi o Mirassol, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O alvinegro venceu o jogo por 3 a 0, com todos os gols marcados pelos atacantes com os dias contados no clube. Ainda sem Neymar, eles estão dando conta do recado.

Zé, autor de dois gols, é alvo do Genoa-ITA, e aguarda a oficialização de uma proposta para negociar a permanência, ou não, no Santos. Já Maikon Leite, que abriu o triunfo contra o Mirassol, tem ida agendada para o Palmeiras no dia 24 de junho. O alvinegro tenta arranjar maneiras de invalidar o pré-contrato.

“Já deixei claro e não vou falar toda a hora: o meu desejo é ficar. Acontece que tem uma proposta do Genoa (da Itália), e deixei claro que o que for melhor para o Santos, e para mim, será feito. Espero que me valorizem para que eu fique”, disse Zé Eduardo.

“Até o dia 23 de junho vou cumprir normalmente. Depois, o futuro a Deus pertence”, destacou Maikon Leite.

A partida foi disputada na capital, já que a Vila Belmiro está fechada devido às obras para troca de gramado. Com o triunfo, o Santos acumula agora 6 pontos em dois jogos. Já a equipe do interior do estado está com 3 pontos.

Na terceira rodada da competição, o Santos encara o Grêmio Prudente, em Presidente Prudente, domingo, às 17h. Já o Mirassol joga sábado, às 19h30, diante do Mogi-Mirim, fora de casa.

O duelo Santos x Mirassol marcou a reestreia de Elano pelo Santos, e o meia manteve o hegemônico histórico no Pacaembu. Ele venceu as seis partidas que disputou no local defendendo o alvinegro.

Elano foi participativo. Cobrou quase todos os lances de bola parada, e atuou os 90 minutos de jogo. O grande lance da principal contratação santista em 2011 foi o passe para o segundo gol do time, marcado por Zé Eduardo.

O gol em questão foi marcado logo no início do segundo tempo. Antes disso, na primeira etapa, Maikon Leite marcou o primeiro gol, aos 27 minutos. O atacante recebeu passe de Jonathan, que fez a estreia no Santos, driblou o goleiro, e tocou para o fundo do gol.

A equipe comandada por Adilson Batista não massacrou o adversário, e até levou alguns sustos, mas demonstrou extrema competência ofensiva, e já soma sete gols, em dois jogos no ano – venceu o Linense, por 4 a 1, na estreia.

Diante do Mirassol, Adilson foi mais precavido, armou o time no esquema 4-4-2, deixando Keirrison no banco. O atacante só foi colocado em campo, aos 33 minutos do segundo tempo, no lugar de Maikon Leite.

Pouco antes disso, aos 30 minutos, Zé Eduardo, fechou o triunfo santista marcando novamente. Ele e Maikon Leite dividem a artilharia do Santos no ano, com três gol cada. Com isso, o alvinegro está pressionado, e precisa lutar pela permanência da dupla, até então, considerada provisória.