Santos 2 x 1 São Caetano

Data: 17/02/2002
Competição: Torneio Rio SP
Local: Estádio da Vila Bemiro, em Santos, SP.
Público: 5.359 pagantes
Renda: R$ 44.540.00
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Léo, Esquerdinha, Preto, Thiago e Odvan (S); Dininho e Marcos Senna (SC).
Gols: Cléber (02-1), Brandão (39-1) e William (44-1).

SANTOS
Fábio Costa; Odvan, Preto, e Cléber; Michel, Paulo Almeida, Marcelo Silva, Robert (Diego) e Léo; Esquerdinha (Wellington) e William (Thiago).
Técnico: Celso Roth

SÃO CAETANO
Luciano; Russo, Daniel, Dininho e Rubens Cardoso; Marcos Senna, Messias (Marlon), Aílton (Vágner) e Adãozinho; Anaílson (Somália) e Brandão.
Técnico: Jair Picerni.



Santos acaba com a empolgação do São Caetano

O Santos venceu o São Caetano por 2 a 1, na Vila Belmiro e devolveu a derrota que havia sofrido para equipe do ABC, no ano passado pelo Brasileiro, em Santos.

O São Caetano, que estava embalado pela vitória sobre o Alianza Lima na Libertadores, acabou amargando a terceira derrota no Torneio Rio-São Paulo.

O time comandado por Celso Roth começou com força total e no primeiro minuto de jogo o zagueiro Cléber aproveitou uma cobrança de falta de Robert, cabeceou e abriu o placar.

O São Caetano sentiu o gol sofrido e demorou para se acertar em campo. O atacante Anaílson e o lateral Rubens Cardoso ensairam uma reação, mas não conseguiram chegar ao gol de empate.

Aos 38min do primeiro tempo, o atacante Brandão, que ganhou a posição de Somália recebeu um belo passe de Aílton e empatou a partida.

Os jogadores do São Caetano ainda comemoravam o empate, quando Messias cometeu um pênalti em Robert. O jovem William bateu e colocou o Santos na frente.

No segundo tempo, o Santos se fechou, sofreu uma forte pressão do São Caetano, mas conseguiu manter o resultado.