Goleiros:
Marolla
Ademir Maria
Evandro
Luiz Roberto


Laterais:
Mauro Campos
Gilberto Sorriso
Suemar
Paulinho Roberto


Zagueiros:
Márcio Rossini
Joãozinho
Toninho Carlos
Mauro Patrício


Meio-campistas:
Chicão
Carlos Silva
Pita
Cardim
Zé Carlos
Toninho Vieira
Toninho Silva
Celso
Serrano


Atacantes:
Paulinho Batistote
Palhinha
João Paulo
Ronaldo
Nílson Dias
Serginho Dourado
Claudinho


Técnico:
Clodoaldo



Santos Futebol Clube

– Presidente: Rubens Quintas Ovalle (1982)
– Vice-presidente: José Antonio dos Santos
– Fornecedor: Adidas e Topper

Elenco:

G – Fiordemundo Marolla Júnior (Marolla)
G – Ademir Antônio Maria
G – Evandro Roberto Baladi
G – Luiz Roberto

LD – Mauro de Campos Júnior
LE – Gilberto Ferreira da Silva (Gilberto Sorriso)
LD – Suemar Jorge do Nascimento
LD, LE – Paulo Roberto de Souza (Paulinho)

QZ – Márcio Antônio Rossini
ZC – João Rosa de Sousa Filho (Joãozinho)
QZ – Antônio Carlos Correa (Toninho Carlos)
Z – Mauro Patrício Atanes

MV – Francisco Jesuíno Avanzi (Chicão)
PL – Carlos Silva
MA – Edvaldo Oliveira Chaves (Pita)
MC – Luís Carlos de Melo Cardim
MV – José Carlos do Nascimento (Zé Carlos)
MV – Antônio Carlos Pires Vieira (Toninho Vieira)
MV – Antonio de Jesus Silva (Toninho Silva)
MV – Celso Peixoto Diniz
MV – Celso Witt Albuquerque (Serrano)

PD – Paulo Batistote (Paulinho Batistote)
CA, PL – Vanderlei Eustáquio de Oliveira (Palhinha)
PE – João Paulo de Lima Filho
PD – Ronaldo
CA, PL – Nílson Severino Dias
PD, M – Sérgio Secundino dos Santos (Serginho Dourado)
A, PL – Cláudio José Agnello (Claudinho)

T – Clodoaldo Tavares de Santana

Comissão técnica: Wilson Quiqueto (Preparador físico), Heron Beresford (Preparador físico), Carlos Braga (Médico), Francis (Massagista)



Quem chegou: Mauro Campos (LD, Grêmio), Serrano (V, Criciúma), Cardim (M, XV de Jaú), Carlos Silva (PL, XV de Jaú), Paulinho Batistote (PD, Democrata-MG), Clodoaldo (técnico), Toninho Carlos (QZ, Matsubara)

Quem saiu: Roberto Biônico (CA, América-Mex), Daltro Menezes (técnico), Washington (LE, Botafogo), Nelsinho Baptista (LD, Juventus-SP), Elói (ME, América-RJ)

Time-base: Marolla; Mauro Campos, Márcio Rossini (Joãozinho), Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Chicão, Carlos Silva e Pita; Paulinho Batistote, Palhinha e João Paulo.



O maior reforço do Santos é Clodoaldo

O jovem técnico assumiu com apoio total e sem medo da nova função

De todos os reforços contratados pelo Santos para Taça de Ouro 82, nenhum teve mais impacto do que Clodoaldo Tavares Santana como técnico.

Aos 32 anos, o ex-volante estreia na nova função tendo apoio total dos dirigentes, jogadores e da torcida. E não deixa por menos:

– Comigo a união será fundamental. Conheço os problemas da equipe e sou amigo dos jogadores. Por isso, a minha falta de experiência na função não será problema.

Enquanto acelera o ritmo dos treinos para o amistoso preparatório contra o Grêmio e a estreia contra o Vasco, os dirigentes trataram de contratar reforços. Já vieram: o lateral direito Mauro Campos, emprestado pelo Grêmio, o ponta direita Paulinho Batistote, o volante Serrano, além de Cardim e Carlos Silva, que estavam emprestados ao XV de Jaú.

Embora não divulguem nenhum nome, as próximas compras santistas, segundo os dirigentes santistas, serão um quarto-zagueiro, um lateral esquerdo e um centroavante.

No mais, o Santos confia na experiência de Chicão e Palhinha, no talento de Pita e João Paulo e, agora, no carisma de Clodoaldo.



Curiosidades:

– O regulamento da Taça de Ouro (Campeonato Brasileiro) só permitia a inscrição de 25 profissionais e 15 amadores no elenco.