Santos 5 x 1 Botafogo-SP

Data: 09/03/1968
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Renda: NCr$ 17.044,00
Árbitro: José Astolfi
Gols: Negreiros (02-1), Toninho (20-1, de pênalti); Toninho (06-2), Pelé (15-2), Toninho (21-2) e Marcio (28-2)

SANTOS
Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Joel e Rildo; Negreiros e Lima (Mengálvio, 23-2); Kaneko, Toninho, Pelé e Edu.
Técnico: Antonio Fernandes (Antoninho)

BOTAFOGO-SP
Dirceu; Zé Carlos, Mendes, Roberto e Carlucci (Canhoteiro, 08-2); Roberto Pinto e Marcio; Jairzinho, Paulo Leao, Sicupira e Totó.
Técnico: Floreal Garro



Vitória fácil do Santos sobre o Botafogo: 5 a 1

O Santos não precisou jogar muito futebol para vencer com facilidade o Botafogo, de Ribeirão Preto, por 5 a 1, com três gols marcados por Toninho (1 de pênalti). A equipe botafoguense durante todo o jogo não atacou, procurou jogar mais defensivamente, descendo raramente para o ataque e quando descia, o fazia defeituosamente. Disso se aproveitou o Santos para partir para o ataque não encontrando muita dificuldade em criar condições de marcar.

O jogo
Aos 2′, Negreiros abria a contagem para o Santos; a equipe praiana, sem forçar, dominava o jogo; o Botafogo, a partir dos 10′ começou a descer e contra-atacar durante uns 10 min. – única vez que realmente atacou. Carlucci cometeu o penal em Kaneko que Toninho converteu fazendo o segundo gol aos 20′. No restante do 1° tempo a diputa ficou sendo travada no meio de campo.

No 2° tempo, Toninho, logo aos 6′, aumentava o placar, Pelé marcava aos 15′ e Toninho, aos 21′ encerraram os gols praianos; Marcio aos 28′, num chute de fora da área e despretencioso, marcava único tento do Botafogo.

Gols
Aos 2′ Toninho chutou, Dirceu espalmou para Negreiros entrar e marcar.

Kaneko, que entrava na área, sofreu penal de Carlucci aos 20′, que Toninho cobrou e marcou.

Aos 6′, Kaneko, após belíssima jogada individual, centrou para Toninho marcar.

Pelé, aos 15′, recebeu de Edu, que centrou parcar no canto.

Toninho, aos 21′, recebeu de Kaneko e chutou fraco, marcando o 5° gol.

Marcio, aos 28′, de fora da área acertou, marcando o único tento de sua equipe.

Destaques
No Santos, Claudio falhou no gol do Botafogo. A defesa não teve dificuldades, já que o adversário pouco atacou; Negreiros, se redimindo do jogo contra o Corinthians; Kaneko, o melhor homem santista em campo; Toninho, muito bom.

No Botafogo: Roberto foi o melhor da defesa e Jairzinho, do ataque.