Santos 1 x 0 Chivas Guadalajara

Data: 04/03/2008
Competição: Copa Libertadores
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 7.083 pagantes
Renda: R$ 98.910,00
Árbitro: Carlos Amarilla
Gol: Molina (22-1).

SANTOS
Fábio Costa; Adriano, Domingos, Betão e Carleto; Marcinho Guerreiro, Rodrigo Souto e Molina (Anderson Salles); Wesley (Quiñones), Trípodi (Thiago Luís) e Kléber Pereira.
Técnico: Emerson Leão

CHIVAS GUADALAJARA
Luis Michel; Báez, Magallón, Reynoso e Francisco Javier Rodríguez; Solís (Hernandez), Pineda Nava), Morales (Fabián) e Fabián; Bravo e Santana
Técnico: Efraín Flores



Santos vence o Chivas e assume liderança do Grupo 6 da Libertadores

Buscando diminuir a cobrança pela campanha ruim no Campeonato Paulista, o Santos derrotou o Chivas Guadalajara por 1 a 0, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, em jogo do Grupo 6 da Taça Libertadores. O único gol foi marcado pelo colombiano Molina.

A equipe de Emerson Leão entrou em campo buscando se reabilitar da derrota sofrida para o Sertãozinho (1 a 0) pela última rodada do Campeonato Paulista. Atingiu o objetivo, e assumiu a liderança de sua chave na Libertadores, com quatro pontos.

Buscando sua primeira vitória no torneio –estreou empatando com o Cúcuta–, o técnico Emerson Leão manteve o esquema com três atacantes, Tripodi, Kléber Pereira e Wesley. No meio, o colombiano Molina armava as jogadas protegido pelos volantes Marcinho Guerreiro e Rodrigo Souto.

Ajudado por seus torcedores, o Santos chegou ao ataque com perigo aos 4min. Após cobrança de falta da esquerda, o zagueiro Domingos chegou a marcar o gol, mas o lance foi invalidado por impedimento pelo árbitro Carlos Amarilla (Paraguai).

Aos 9min, outra boa jogada santista. Kléber Pereira recebeu a bola na área, se livrou de um defensor e chutou forte, mas parou na defesa do goleiro Luis Michel.

Depois do bom começo, o Santos diminuiu o ritmo e começou a ter dificuldade para entrar na defesa adversária. Já o Chivas buscava uma oportunidade para o contra-ataque.

No entanto, aos 23min, o Santos conseguiu furar o bloqueio adversário. Molina protegeu a bola de um adversário e chutou forte de fora da área, por cima do goleiro mexicano, abrindo o placar do jogo.

Aos 38min, o Chivas quase empatou a partida. Após cobrança de escanteio, Rodriguez ganhou no alto da defesa santista e cabeceou com perigo. A bola passou perto da trave de Fábio Costa, que só olhou.

Depois de uma boa defesa de Fábio Costa logo no início, o Santos desperdiçou uma ótima oportunidade para ampliar o resultado aos 9min da etapa final. Kléber Pereira deixou Tripodi livre na cara do gol, mas a conclusão foi ruim, fora do gol mexicano.

Poucos minutos depois de perder um gol, Tripodi foi substituído por Thiago Luís. Aos 20min, Fábio Costa voltou a salvar o Santos ao defender uma cabeçada.

O Santos ainda perdeu uma ótima chance com Kléber Pereira –também levou alguns sustos–, mas conseguiu segurar o resultado.

No próximo domingo, o Santos –13º colocado com 14 pontos– volta a campo pelo Estadual, quando recebe o Noroeste na Vila Belmiro.