Blooming 0 x 1 Santos

Data: 31/01/2007
Competição: Copa Libertadores – 1ª Fase (Pré) – Jogo de ida
Local: Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia.
Público e renda: N/D
Árbitro: Líber Prudente (URU)
Auxiliares: Olivier Viera e Robert Muniz (ambos do URU)
Cartões amarelos: Wernly, De Carlos, Gómez e Dimas (B); Pedro e Adaílton (S)
Gol: Pedro (03-2)

BLOOMING
Salazar, Ortiz, Jáuregui, De Carlos (Wernly), Mendéz, Alexandre, Gómez, Suárez (Juarez), Vaca, Dimas e Fíerro (Méndez)
Técnico: Álvaro Peña

SANTOS
Fábio Costa, Pedro, Antônio Carlos, Adaílton, Kleber, Rodrigo Souto, Maldonado (Ávalos), Cléber Santana, Zé Roberto, Fabiano (Marcos Aurélio) e Rodrigo Tiuí (Rodrigo Tabata).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo


Santos vence na Bolívia e fica perto de avançar na Libertadores

Na volta do técnico Vanderlei luxemburgo à sua busca por seu primeiro título internacional, o Santos venceu o Blooming, da Bolívia, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, em Santa Cruz de la Sierra, e ficou perto de conseguir uma vaga na fase de grupos da Taça Libertadores da América.

O único gol do jogo foi marcado pelo lateral-direito Pedro. Aos 3min do segundo tempo, ele fez jogada pela direita e encobriu o goleiro Salazar, em uma provável tentativa de cruzamento.

Para assegurar a classificação, o Santos precisa agora apenas de um empate no jogo de volta, no dia 7 de fevereiro, na Vila Belmiro. Uma vitória boliviana por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis, e um triunfo do Blooming por qualquer outro placar dá a vaga ao time da Bolívia –gols marcados fora de casa servem como desempate.

Luxemburgo, conhecido por ser um colecionador de títulos no futebol nacional –tem seis Paulistas, cinco Brasileiros e uma Copa do Brasil–, somou apenas fracassos na Libertadores. Foi eliminado com o Flamengo (1991), o Palmeiras (1994) e o Santos (2004).

Sua melhor colocação foi obtida com a atual equipe: caiu nas quartas-de-final, diante do colombiano Once Caldas. Também em 2004, ele ainda passou da primeira fase do torneiro com o Cruzeiro, antes de se transferir para o time paulista.

Antes de definir a classificação na competição continental, o Santos volta ao Paulista, em que detém a liderança isolada com 15 pontos –100% de sucesso após cinco partidas. O time faz clássico no domingo contra o Palmeiras, no Parque Antarctica.