Santos 2 x 1 Juventude

Data: 08/05/2004
Competição: Campeonato Brasileiro – 1º Turno – 5ª rodada
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Público: 4.154
Renda: R$ 48.552,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Francisco Aurélio Prado (PR)
Cartões amarelos: Diego e Léo (S); Jancarlo (J)
Cartão vermelho: Jancarlo (J)
Gols: Basílio (35-1) e Thiago (38-1); Deivid (42-2).

SANTOS
Júlio Sérgio; Marco Aurélio, Narciso, André Luís e Léo; Paulo Almeida, Claiton (Diego), Elano e Luís Augusto (Deivid); Basílio e Lopes (Robinho)
Técnico: Márcio Fernandes (interino)

JUVENTUDE
Eduardo Martini; Thiago (Jancarlo), Índio, Neto e Ronildo; Evandro, Donizete Amorim, Camazzola e Marcelo; Leonardo Manzi (Da Silva) e Michel
Técnico: Ivo Wortmann



Com gol de Deivid e “dedo” de Luxemburgo, Santos vence o Juventude

Com um gol de pênalti convertido pelo estreante Deivid e com Wanderley Luxemburgo comandando seu novo time das tribunas de honra, o Santos venceu o Juventude por 2 a 1, neste sábado, na Vila Belmiro, e se reabilitou das três derrotas seguidas (duas pelo Brasileiro-04 e uma pela Libertadores), que culminaram com a demissão de Emerson Leão.

Apesar de ter sido anunciado oficialmente como treinador horas antes da partida, Luxemburgo não se conteve apenas em assistir o confronto do alto e de posse de um rádio transmissor dava ordens ao interino Márcio Fernandes no banco de reservas.

Além de dar uma palestra aos jogadores antes do jogo e participar da preleção, Luxemburgo também teve papel direto no resultado do jogo. Ele pediu para o interino mexer no time no intervalo da partida –Claiton, Luís Augusto e Lopes saíram para as entradas de Robinho, Diego e Deivid.

Outra novidade na nova equipe de Luxemburgo foi a presença de Narciso substituindo Alex (contundido) na defesa ao lado de André Luís. Renato e Leandro Machado, machucados, não jogaram.

Foi a segunda vitória santista na competição, que agora soma seis pontos ganhos. Até então, o único resultado positivo havia sido contra o vice-lanterna Botafogo (2 a 0, na Vila). De quebra, o Santos quebrou a sina de não vencer equipes do Sul neste Brasileiro-04. Antes foram dois jogos e duas derrotas –para Figueirense e Paraná.

O jogo:

Sem Robinho, Diego e Deivid, o Santos teve muitas dificuldades no primeiro tempo para chegar ao gol. Mas, depois de um contra-ataque, Léo cruzou da esquerda para Basílio abrir o placar aos 35min. A alegria santista, entretanto, durou pouco. Três minutos depois, Tiago empatou em cobrança de falta.

Na segunda etapa, Luxemburgo ordenou a entrada do trio santista, que mudou a cara do jogo. Deivid sofreu o pênalti e converteu a cobrança em gol aos 43min, decretando a vitória do time. O Juventude ainda perdeu um jogador expulso.

Apesar de ter comandado das tribunas, Luxemburgo estréia oficialmente no Santos na próxima terça-feira, no jogo da volta pelas oitavas-de-final da Libertadores, contra a LDU (Liga Desportiva Universitaria), na Vila.

Para passar a próxima fase do torneio sul-americano, o Santos precisa vencer por uma diferença de três gols. Se ganhar por dois, a vaga será definida nos pênaltis. O primeiro jogo terminou com a vitória por 4 a 2, de virada, do time equatoriano e provocou o pedido de demissão de Leão.