Santos 0 x 5 Flamengo

Data: 20/04/1984, sexta-feira, 16h00.
Competição: Copa Libertadores – 4ª rodada
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo, SP.
Público: 24.545 pagantes
Renda: Cr$ 41.066.100,00
Árbitro: Carlos Rosa Martins
Cartões vermelhos: Dema e Toninho Carlos (S).
Gols: Bebeto (14-1), Mozer (21-1) e Edmar (40-1); Tita (26-2, de pênalti) e Tita (36-2).

SANTOS
Rodolfo Rodriguez; Davi, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Paulo Robson; Dema, Lino e Pita; Gersinho, Gerson (Camargo) e Ronaldo Marques (Fernando).
Técnico: Del Vecchio (interino)

FLAMENGO
Fillol; Leandro, Figueiredo, Mozer e Júnior; Andrade (Lúcio), Bigu e Tita; Bebeto (Elder), Edmar e João Paulo.
Técnico: Cláudio Garcia



Nunca o Santos precisou tanto do negão daí debaixo

Nos 5 a 0 de ontem, o Santos parecia um Judas nas mãos do Flamengo. O pior de tudo é que amanhã tem mais

A goleada foi tão humilhante que os santistas perderam a cabeça. Sem Serginho e Paulo Isidoro, afastados pelo técnico interino Del Vecchio, o Santos foi um time desorientado e sem comando técnico.

Quem desfilava veneno aos microfones era o ponta esquerda João Paulo, ex-Santos, agora um sorridente flamenguista:

“Se eu estivesse no Santos, a culpa pela goleada seria minha. Lá existe um grupo que não entende nada de futebol e só quer se promover às custas do clube. Felizmente não estou mais no Santos. Algumas pessoas voltariam a me usar. A crise na Vila é uma crise de direção, porque jogador de futebol o Santos tem. O que mata aquilo é a cartolagem”.

Pita também criticou a diretoria, por demitir a comissão técnica em meio a um campeonato:

“A mudança foi trágica para o Santos. Poderiam ter mudado no fim do campeonato. Eu não quero falar mal de quem entrou agora, pois o Del Vecchio é um bom amigo, mas ele não conhece muito bem o pessoal.”

Fonte: Jornal Folha de SP